Economia

Suspensão parcial do plano turístico

  • 12 de Março de 2010
  • 220 Visualizações, Última Leitura a 19 Agosto 2017 às 18:34
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O secretário regional da Economia dos Açores garantiu ontem que a proposta de suspensão parcial do Plano de Ordenamento Turístico do arquipélago (POTRAA) "não coloca em causa a filosofia" do documento, mas viabiliza novos investimentos no sector.

As razões da iniciativa do executivo "prendem-se fundamentalmente com as ilhas de S. Miguel, Pico e S. Jorge, que, por vários motivos, estão a aproximar-se dos limites fixados no POTRAA do ponto de vista de cativação de camas", explicou Vasco Cordeiro, em declarações aos jornalistas.

O secretário regional foi  ontem ouvido, em Ponta Delgada, na Comissão Parlamentar de Economia sobre o projecto de Governo suspensão parcial do Plano de Ordenamento Turístico dos Açores.

Vasco Cordeiro sublinhou não estarem em causa "nem a filosofia, nem as opções estratégicas" que levaram à aprovação do Plano, mas uma solução que "resolve" a questão da capacidade de camas.

"O que se pretende é a criação de um mecanismo que permita agilizar a gestão entre camas que estão cativas, o tempo para utilização destas e a sua libertação caso não sejam utilizadas pelos empresários", explicou.

Numa apreciação à proposta governamental, o deputado do PSD, Jorge Macedo, considerou tratar-se de "uma solução de remédio", alegando que o POTRAA "foi construído com base em valores de crescimento de turismo muito exagerado".

"O plano foi construído sem prever a caducidade dos investimentos, que depois de aprovados não se realizam em tempo útil", apontou

Do lado do PS, Francisco César referiu que o partido "é favorável" à proposta do Governo, apontando para "a existência de um conjunto de investimentos que estavam previstos", mas que "não se vão realizar", daí a necessidade do POTRAA "agilizar procedimentos".

Pedro Medina, do CDS/PP, remeteu uma posição para mais tarde, uma vez que vai analisar o documento com mais profundidade, depois da audição ao secretário regional da Economia.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Seis mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos