Economia

“A economia azul é conciliável com o ambiente”

  • 15 de Março de 2019
  • 35 Visualizações, Última Leitura a 22 Maio 2019 às 12:45
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O desenvolvimento da economia azul é conciliável com a defesa do ambiente e “em diálogo com a sociedade”, afirmou o secretário regional do Mar, Ciência e Tecnologia do Governo dos Açores, para quem o programa ‘Blue Azores’ é de “grande relevância em termos europeus e mundiais”.

Gui Menezes falava em entrevista ao Açoriano Oriental após a apresentação do programa ‘Blue Azores’, na Cimeira Mundial do Oceano (World Ocean Summit), organizada pela revista britânica ‘The Economist’ e que decorreu na passada semana em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, com representantes de vários países, de ONGs, de grandes indústrias e de instituições internacionais como a União Europeia ou as Nações Unidas.

Durante esta cimeira debateram-se temas como as alterações climáticas, o transportes marítimo de mercadorias e passageiros e o seu impacto no ambiente ao nível das emissões de dióxido de carbono, a mineração no fundo do mar, a pesca ilegal e o problema dos plásticos.

Sobre o ‘Blue Azores’, Gui Menezes afirma que a Região tem agora um período de três anos para implementar as áreas marinhas que irão compor os 150 mil km2 de extensão do mar dos Açores que se pretende proteger.

Durante os próximos anos, será desenvolvido um intenso trabalho técnico ao nível do Governo dos Açores, envolvendo os investigadores e a sociedade, nomeadamente quanto à localização das áreas protegidas, que deverão - a médio, longo prazo - trazer benefícios para a Região.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Três mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos