Economia

Faróis dos Açores somaram 24623 visitantes em 2018

  • 3 de Janeiro de 2019
  • 23 Visualizações, Última Leitura a 21 Abril 2019 às 22:59
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Os onze faróis dos Açores que se encontram abertos ao público registaram um total de 24623 visitantes ao longo do último ano e o Farol do Arnel acabou mesmo por revelar-se o terceiro mais visitado do país.

Em 2018, apenas os faróis de Aveiro (Portugal Continetal) e o do Pargo (Madeira), registaram mais entradas do que o Farol do Arnel, localizado no concelho do Nordeste, faz saber a Autoridade Marítima Nacional.

Conforme se lê no sítio online da Câmara Municipal do Nordeste, o farol do Arnel “entrou em funcionamento em 26 de Novembro de 1876, tendo sido o primeiro farol implantado na Região Autónoma dos Açores.

É edificado em finais do século XIX num contexto de modernização do concelho, pela mão do grande obreiro do Nordeste, António Alves de Oliveira”.

Nos Açores, contam-se igualmente, entre outros, os faróis de Ferraria, Ponta Garça, Gonçalo Velho, Contendas, Ponta da Barca, Ponta da Ilha, Ponta do Albarnaz, Lajes das Flores e Ponta do Topo.

Os 28 faróis abertos ao público em Portugal receberam este ano 101.613 visitantes, mais 27.721 do que os registados em 2017, sendo o de Aveiro o mais procurado.

“O aumento de visitantes em 2018, em relação ao ano anterior, constitui um recorde visto que, desde que os faróis abriram ao público, em 2011, o aumento médio anual de visitantes era de 7.600”, sublinha a Autoridade Marítima, na sua página de Internet.

O Farol de Aveiro, conhecido conhecido como ‘Farol da Barra’ ergue-se a 66 metros acima do nível do mar, sendo o maior de Portugal e o segundo mais alto da Península Ibérica.


Fonte: LUSA / Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Seis mais Oito? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos