Economia

Obras em porto de Angra do Heroísmo têm um custo previsto de 12ME

  • 20 de Dezembro de 2018
  • 49 Visualizações, Última Leitura a 25 Abril 2019 às 21:47
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O projeto de execução das obras no Porto das Pipas, em Angra do Heroísmo, deverá estar concluído em fevereiro e envolve um investimento de cerca de 12 milhões de euros, anunciou o Governo Regional dos Açores.

“Esta obra não se cinge à construção de uma rampa ‘ro-ro’, já que será também aumentada a frente acostável deste porto, sendo ainda reforçada a capacidade de amarração existente, o que permitirá acolher navios de cruzeiro temáticos e afirmar esse importante mercado 'premium' do turismo de cruzeiros nesta cidade Património Mundial da UNESCO [Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura]”, adiantou a secretária regional dos Transportes e Obras Públicas, Ana Cunha.

A governante falava, em Angra do Heroísmo, na apresentação do anteprojeto de construção da rampa para navios ‘ro-ro’ (navios que incorporam rampas para ‘rolar’ a carga para bordo e para terra) e ferries.

O anteprojeto inclui também obras complementares para melhoria da operacionalidade e do abrigo do Porto das Pipas.

Está prevista ainda a reconstrução do muro de cortina situado na cabeça do molhe, “reforçando as condições segurança da infraestrutura portuária” e uma intervenção no cais de receção da Marina de Angra do Heroísmo, que “verá a sua plataforma ampliada no sentido sul, para permitir o seu uso durante todo o ano, por parte embarcações com calado até aos -3.00 metros (ZH – zero hidrográfico)”.

Por outro lado, será feito um “arranjo espacial dos pontões” na marina, para “aumentar a quantidade de postos de atracação destinados a embarcações de recreio”.

Em 2008, o executivo açoriano, então liderado por Carlos César (PS), prometeu a construção de um cais de cruzeiros em Angra do Heroísmo, que chegou a estar orçado em cerca de 60 milhões de euros.

Em fevereiro de 2014, o então secretário regional do Turismo e Transportes, Vítor Fraga (PS), anunciou que o Governo Regional tinha desistido de construir um cais de cruzeiros em Angra do Heroísmo, substituindo-o pela construção de uma rampa ‘ro-ro’.

Segundo Ana Cunha, as características do porto exigiram um “sustentado processo de análise técnica”, que atrasou a intervenção.

“A apresentação deste anteprojeto é também a demonstração inequívoca da determinação e do empenhamento do Governo dos Açores em avançar com esta obra, que irá contribuir para o desenvolvimento da cidade e do concelho de Angra do Heroísmo, assim como para o reforço das ligações marítimas com outras ilhas do grupo Central”, frisou.

O Governo Regional prevê que o projeto de execução esteja concluído em fevereiro, seguindo-se “trâmites necessários ao lançamento do concurso da empreitada”.

“Lembrando que a orçamentação final da obra e o seu prazo de construção depende da conclusão do projeto de execução, neste momento estimamos um investimento global da ordem dos 12 milhões de euros (inclui projeto, obra e fiscalização), e um prazo de execução de 18 meses”, apontou a secretária regional dos Transportes e Obras Públicas.

Com esta obra, os Açores passarão a ter 14 rampas ‘ro-ro’ em 11 portos e em oito das nove ilhas dos Açores.


Fonte: Lusa / AO Online

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Três mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos