Economia

Economia portuguesa é a que menos cresce entre os países da zona euro

  • 8 de Março de 2010
  • 237 Visualizações, Última Leitura a 18 Dezembro 2017 às 20:24
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A taxa de crescimento do PIB português de 2011 até 2013 é a mais baixa da zona euro, de acordo com o Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) apresentado hoje pelo Governo.

O Executivo prevê um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,9% em 2011, o que representa metade dos 1,8% previstos pela Espanha num documento semelhante enviado à Comissão.

No topo da lista do crescimento do PIB em 2011 está a Irlanda (3,3%), seguido do Reino Unido (entre 3,25 e 3,75%), França e Eslovénia (2,5%), Finlândia (2,4%) e Alemanha (2%).

Em 2012, as diferenças no crescimento agravam-se. Portugal prevê um crescimento da riqueza nacional de 1,3%, mas a Espanha prevê 2,9%, a Irlanda 4,5%, a Eslovénia 3,7%, a Finlândia 3,5% e o Reino Unido entre 3,25 e 3,75%.

Já no toca à dívida pública, Portugal apresenta a quarta maior dívida pública bruta da lista em 2011 (com 88,9% do PIB), atrás apenas da Grécia (120,6%), da Itália (116,5%) e da Bélgica (101,4%). A partir de 2012, o Reino Unido (que por não estar na zona euro não arrisca sanções por parte da comissão) passa a ter uma dívida pública superior à portuguesa. Já a Espanha mantém os níveis de dívida pública próximos dos 74%.

Bruxelas já recebeu todas as actualizações do PEC, à excepção de Portugal, Chipre e Roménia.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Nove mais Quatro? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos