Economia

Investimento de 3 milhões para espaços de importância ambiental

  • 6 de Novembro de 2018
  • 9 Visualizações, Última Leitura a 16 Novembro 2018 às 11:39
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Vasco Cordeiro anuncia investimento no próximo ano em espaços de importância ambiental para garantir a fruição e a sustentabilidade ambiental e paisagística.

O presidente do Governo Regional revelou ontem a existência de um investimento de cerca de 3 milhões de euros em 2019 em espaços de importância ambiental da Região por forma a garantir a sua fruição por quem os visita e, ao mesmo tempo, a sustentabilidade ambiental e paisagística.

Falando na apresentação da requalificação dos percursos pedestres da Serra de Santa Bárbara - um investimento de cerca de 800 mil euros - no âmbito da visita de trabalho que o Executivo açoriano iniciou à ilha Terceira, Vasco Cordeiro fez o anúncio:

“A proposta de Plano de Investimentos para 2019 prevê um investimento de cerca de três milhões de euros para a criação e beneficiação de estruturas em zonas conhecidas pelo seu património ambiental único e que, por esse mesmo motivo, são cada vez mais procuradas”.

Conforme sublinha uma nota do GACS, trata-se de uma estratégia que pretende estar alicerçada num “ponto de equilíbrio” ao abrigo do qual se garante a fruição daqueles espaços, assim como se assegura a sua salvaguarda ambiental e paisagística e, por esta via, a sua sustentabilidade.

Exemplos práticos desse trabalho - adianta a mesma fonte - são a recuperação dos trilhos e infraestruturas de apoio da Fajã da Caldeira de Santo Cristo, em São Jorge, a conclusão da zona de apoio às descidas e estacionamento da Montanha do Pico, a recuperação ambiental e o circuito interpretativo da plataforma costeira das Lajes do Pico, a requalificação do miradouro e do trilho da Lagoa do Fogo e o circuito interpretativo na Ponta da Ferraria, em São Miguel, bem como, no que diz respeito à ilha Terceira, o início da construção do Centro de Interpretação do Algar do Carvão e este projeto de requalificação dos percursos pedestres e miradouros da Serra de Santa Bárbara.

Para o chefe do executivo açoriano - citado na mesma nota -, um dos principais desafios que os Açores têm pela frente é a sua qualificação como destino, componente na qual a requalificação dos principais pontos de interesse turístico constitui uma prioridade, de modo a garantir a sua sustentabilidade futura.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Sete mais Dois? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos