Economia

‘Luz verde’ para mais 22 projetos de investimento

  • 2 de Novembro de 2018
  • 9 Visualizações, Última Leitura a 16 Novembro 2018 às 11:43
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Correspondem a 40 milhões de euros e são negócios orientados para a produção de bens e serviços transacionáveis.

Com a aprovação, na última semana, de mais 22 projetos, sobe para mais de 440 milhões de euros o montante de investimento privado nos Açores, no espaço de dois anos.

Números apresentados ontem pelo vice-presidente do Governo Regional, Sérgio Ávila, em Lisboa, durante a visita ao ‘Taste Azores’.

Cerca de 85 por cento desses investimentos, que vão chegar a sete das nove ilhas, estão vocacionados para fomento de base económica de exportação, ou seja, para a produção de bens e serviços transacionáveis, em áreas que vão do setor agroalimentar ao turismo.

“Só na última semana, foram aprovados mais 40 milhões de euros de investimentos privados em sete das nove ilhas dos Açores”, frisou Ávila, acrescentando que “só na última semana foram aprovados 22 novos projetos de investimento privado, que correspondem a um investimento privado de 40 milhões de euros”.

O vice-presidente do executivo assumiu que “são valores em paralelo.

O investimento privado é, neste momento, a principal alavanca do crescimento da nossa economia, com valores que até ao próprio governo surpreendem positivamente”.

Sérgio Ávila fala, por isso, “num clima de confiança com padrões que não se registavam há muitos anos”, e que também está a ter impacto, por exemplo, no volume de vendas de produtos certificados com o selo Marca Açores.

“Depois de um crescimento de vendas dos produtos da Marca Açores de 18 por cento, no último ano, houve um novo aumento de 22 por cento.

O somatório destes dois dados revela bem o valor da Marca Açores para os consumidores, quer seja no mercado regional, quer seja no mercado nacional e até fora do país”, explicou.

Cenário que faz com que o responsável pela pasta da Competitividade Empresarial assuma como um “sucesso extraordinário” a estratégia da Marca Açores, lançada há cerca de quatro anos e que já congrega mais de 180 empresas, totalizando mais de três mil selos de certificação atribuídos.

“O grande mérito é das nossas empresas e dos nossos empresários que apostaram, que qualificaram os seus produtos, que conseguiram inovar e que têm, neste momento, um enorme crescimento de vendas”, destacou.

Ainda de olhos postos na ativação da marca junto de novos mercados para além das fronteiras nacionais, o vice-presidente do Governo anunciou o lançamento da segunda série do programa ‘Mundo Marca Açores’.

O arranque da nova temporada aconteceu ontem e irá visar mais 40 empresas que aderiram à marca.

A série será transmitida em vários canais televisivos nos Estados Unidos e Canadá. Será ainda exibida pela SIC Internacional, chegando, por essa via, a 14 países da Europa.

Trata-se de uma estratégia de divulgação que deverá abranger mais de 10 milhões de espectadores, sem contar com a repercussão da emissão nas plataformas digitais.

Já no que concerne ao impacto da segunda edição do “Taste Azores”, o vice-presidente do Governo Regional mostra-se convicto que será superada a afluência média diária registada no ano passado e que se cifrava nos 69 mil visitantes.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Seis mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos