Economia

Recuperação económica da Zona Euro quase paralisa, Portugal sem crescimento

  • 4 de Março de 2010
  • 237 Visualizações, Última Leitura a 25 Setembro 2017 às 07:45
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A recuperação económica na zona euro quase parou no último trimestre de 2009, com um crescimento de 0,1 por cento, segundo dados que o Eurostat hoje divulgou e que mostram também uma variação nula no desempenho da economia portuguesa.

De acordo com a primeira estimativa do gabinete de estatística da União Europeia (UE), entre o terceiro e o quarto trimestre de 2009 o crescimento médio das 16 economias da zona euro fixou-se nos 01 por cento, comparado com um crescimento de 0,4 por cento no terceiro trimestre.

Tal como Portugal, a Alemanha não conseguiu crescer no último trimestre do ano, com uma variação de zero por cento em comparação com período de Julho a Setembro de 2009, quando tinha crescido 0,7 por cento.

As boas notícias da zona euro vieram de França e da Polónia. A economia francesa triplicou o ritmo de crescimento (de 0,2 para 0,6 por cento) entre os dois últimos trimestres de 2009 e a economia polaca - a que mais cresceu no total da UE no ano passado - dobrou o crescimento para 1,2 por cento.

O produto interno bruto (PIB) da zona euro no total de 209, segundo o Eurostat, fixou-se assim numa quebra de 4,1 por cento, contra uma queda de 2,3 por cento para o total da UE.

Para contrariar a queda da economia ou as taxas de crescimento "anémicas", a Comissão Europeia apresentou ontem uma nova estratégia de crescimento a 10 anos, que aposta na inovação e na economia sustentável.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Cinco mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos