Economia

Pontos de carregamento para carros elétricos em todos os concelhos

  • 15 de Outubro de 2018
  • 66 Visualizações, Última Leitura a 18 Abril 2019 às 20:23
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A implementação de uma rede de carregamento rápido de carros elétricos de acesso público em todos os concelhos dos Açores está prevista no Plano para a Mobilidade Elétrica nos Açores.

Esta é talvez a medida mais avançada neste momento, uma vez que foi anunciada em fevereiro deste ano a abertura de um concurso para a concessão e exploração de pontos de carregamento rápido nos Açores, para estimular a mobilidade elétrica.

A ilha São Miguel tem já prevista a instalação de sete pontos de carregamento rápido de automóveis elétricos no âmbito desta medida.

A instalação dos pontos de carregamento será feita em locais de acesso público e os concessionários deverão ser operadores licenciados ligados à rede da Mobi.E., que é a empresa pública a quem está concessionada a gestão da rede de mobilidade elétrica a nível nacional.

Nesta fase do concurso, a maioria dos pontos de carregamento já se encontra em processo de adjudicação, prevendo-se para breve a assinatura dos contratos com os operadores.

Após esta primeira fase, deverá iniciar-se no próximo ano a fase da instalação no terreno dos pontos de carregamento rápido.

Refira-se ainda que também no fornecimento dos carros elétricos aos compradores se têm verificado demoras grandes, devido à procura crescente que os carros elétricos têm registado a nível mundial e que faz com que os próprios fabricantes de automóveis ainda não tenham um volume de produção capaz de dar resposta ao aumento da procura.

 

Incentivos financeiros e fiscais

O Plano para a Mobilidade Elétrica nos Açores prevê incentivos financeiros para estimular a compra pelos açorianos de carros elétricos e de equipamentos individuais para o seu carregamento.Incentivos que se juntam às vantagens fiscais, como é o facto do carro elétrico pagar apenas o IVA, que mesmo assim as empresas podem deduzir na totalidade.

Além disso, o carro elétrico não está sujeito nem ao Imposto Único de Circulação, nem ao Imposto Sobre Veículos.

Nos Açores, a compra de carros elétricos vai ter também um incentivo financeiro direto para carros e equipamentos de carregamento que sejam adquiridos e utilizados na Região, que será pago ao consumidor mediante a apresentação da fatura da compra junto da Direção Regional da Energia.

Este incentivo financeiro está ainda a ser preparado pelo Governo, mas pretende-se que seja complementar ao já existente a nível nacional, que é de 2.250 euros por viatura elétrica e cujo ‘plafond’ que o Governo da República disponibilizou para este ano já esgotou nos primeiros cinco meses.

 

Estacionamento reservado ou até mesmo gratuito

O Plano para a Mobilidade Elétrica nos Açores prevê medidas de discriminação positiva à utilização de carros elétricos.Conforme refere a diretora regional da Energia, Andreia Carreiro, estas medidas só serão possíveis de implementar através de “parcerias com diversas entidades públicas e privadas, que queremos desenvolver no sentido de permitir que haja estacionamento reservado para veículos elétricos”.

A intenção do Governo é celebrar com os 19 municípios açorianos um protocolo de colaboração no âmbito da mobilidade elétrica, com o objetivo de serem criados lugares de estacionamento reservados a veículos elétricos em parques de estacionamento.

Estes lugares podem ser gratuitos ou, caso não seja possível aos municípios aplicar essa gratuidade, pelos menos o preço a pagar pelo estacionamento deverá ser reduzido para os condutores de carros elétricos.

“Para além dos incentivos financeiros, é importante também que nesta fase inicial haja uma discriminação positiva para a acessibilidade dos veículos elétricos”, afirma a diretora regional da Energia.

Os municípios açorianos deverão ainda ser envolvidos na implementação de outras medidas que visem o estímulo à mobilidade elétrica.

E um exemplo do que podem os municípios fazer é o levantamento das zonas residenciais em que haja vários proprietários de veículos elétricos, no sentido de sensibilizar o governo para ali instalar pontos de carregamento.

 

Plano em consulta pública até 20 de novembro

Já está disponível para consulta pública até ao próximo dia 20 de novembro o Plano para a Mobilidade Elétrica nos Açores (PMEA).

Pretende-se com esta consulta pública recolher contributos dos cidadãos para o documento que irá definir um conjunto de políticas públicas, visando o incentivo à utilização de carros elétricos nos Açores.

Para além de colocar o PMEA em consulta pública, o Governo dos Açores pretende ainda realizar duas sessões de esclarecimento sobre este plano, uma em São Migue e outra na Terceira.

O PMEA está disponível no Portal do Governo, na página dedicada à Direção Regional da Energia.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Seis mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos