Economia

Empresas de Congressos e Animação Turística nos Açores

  • 19 de Setembro de 2018
  • 47 Visualizações, Última Leitura a 19 Abril 2019 às 22:23
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A ilha do Faial vai acolher a sétima edição do Congresso da Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE), entre 30 de janeiro e 1 de fevereiro de 2019.

“Este é mais um momento importante na agenda de 2019, porque possibilitará promover a formação e a qualificação das empresas de animação turística e de eventos, bem como o seu desenvolvimento e internacionalização, nomeadamente na captação de negócios”, adiantou a secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores, Marta Guerreiro, na apresentação do evento, na cidade da Horta.

Segundo a governante, o congresso, que terá como tema central “Portugal da moda à consolidação.

Caminhos e desafios”, contará com cerca de 200 participantes, entre empresários do setor, jornalistas e líderes de opinião, sendo, por isso, uma “oportunidade excecional para promover os Açores”.

Para Marta Guerreiro, a escolha dos Açores para a realização deste congresso é uma prova de que a Região está a “consolidar o seu trabalho”, no âmbito do turismo de negócios.

“O desenvolvimento da oferta, alinhado com a estratégia do setor, a par da notoriedade que já alcançámos, enquanto local seguro, com beleza mística, capaz de proporcionar experiências únicas e com grande preocupação pelas questões de sustentabilidade económica, cultural, social e ambiental, tem também permitido alavancar o segmento de turismo de negócios, com políticas que privilegiam eventos nos Açores”, frisou.

Realçando que os Açores não querem ser um destino de massas, a titular da pasta do Turismo disse que existe ainda uma “ampla margem para crescimento através dos mercados potenciais” e que, nesse sentido, têm sido promovidas “deslocações para participação em ações de promoção do destino” e a realização de eventos que “possibilitem um efetivo retorno promocional e gerador de fluxos”.

“Este é um caminho que acreditamos trazer muitos frutos para a nossa Região, posicionando-a como palco privilegiado para acolher eventos, recebendo, e bem, quem sabe reconhecer o nosso potencial”, sublinhou.


Fonte: Lusa

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos