Economia

Empresas e UAç veem oportunidades no Forward

  • 3 de Agosto de 2018
  • 85 Visualizações, Última Leitura a 26 Maio 2019 às 15:21
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Câmara do Comércio e Indústria e Universidade dos Açores (UAç) afirmam importância de dar condições à Região para competir na UE.

Os parceiros regionais do projeto Forward, a Câmara do Comércio e Indústria dos Açores (CCIA) e a Universidade dos Açores veem boas oportunidades na possibilidade de terem três anos para reunirem as condições para competir em Bruxelas na captação dos fundos pós-2021.

Presente na apresentação do projeto Forward, ontem em Ponta Delgada, o presidente da CCIA, Mário Fortuna, afirmou que “as empresas estão sempre interessadas em tudo o que tenha a ver com a inovação e, por vezes, as ideias que podem transformar os negócios até não são muito complexas”.

Mário Fortuna referiu também que se pretende agora elevar o nível de concorrência das RUP para toda a União Europeia (UE), o que coloca desafios novos aos investigadores e às empresas. Até porque, lembrou Mário Fortuna e fazendo uma analogia com o futebol, não se pode colocar uma equipa do regional a jogar diretamente na Liga dos Campeões, sem que ela se ‘reforce’ para poder elevar o seu nível competitivo.

Contudo, Mário Fortuna alertou que a disponibilidade financeira das empresas para investir na área da inovação é sempre “em função da dimensão e da expectativa do mercado”, sendo que o mercado açoriano é pequeno.

Por outro lado, a vice-reitora para a Ciência e Tecnologia, Gabriela Queiroz, afirmou que a Universidade dos Açores encontrou no Forward “um nicho de oportunidade de fazer um diagnóstico da nossa investigação e da nossa capacidade de inovação”, manifestando também esperança em que este projeto “possa auxiliar as entidades públicas e as empresas, chegando desta forma ao cidadão”.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Nove mais Três? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos