Economia

Ministério da Agricultura abre portas a produtos lácteos no estrangeiro

  • 3 de Julho de 2018
  • 59 Visualizações, Última Leitura a 16 Dezembro 2018 às 22:09
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

As indústrias de leite dos Açores podem contar com novas oportunidades de exportação com a abertura de novos mercados internacionais.

O Ministério da Agricultura conseguiu negociar a entrada de produtos lácteos nacionais para a Austrália, Colômbia, Cuba, Índia, Panamá e Peru.

A informação foi avançada pelo Ministério da Agricultura na resposta a um requerimento apresentado pelos deputados do PSD/Açores na Assembleia da República.

O Ministro da Agricultura refere que uma das prioridades tem sido a “internacionalização do setor agroalimentar”, acrescentando que existem “bons resultados, quer com a abertura de mercados, quer quanto ao aumento das exportações de produtos lácteos”.

Segundo os dados apresentados pelo ministro da Agricultura, “as exportações do setor dos produtos lácteos ascenderam, em 2017, a 279 milhões de euros, registando um crescimento de 15 por cento face ao ano anterior”.

O Ministério da Agricultura está a desenvolver contactos com outros países para aumentar as “exportações de produtos lácteos”.

O requerimento dos deputados do PSD/Açores pretendia saber se o Governo da República tinha elaborado um plano para a internalização dos produtos agroalimentares açorianos, conforme tinha sido aprovado na resolução da Assembleia da República n.º 232/2017.

O Ministério da Agricultura não informou se criou um plano específico para os produtos lácteos, mas salienta que “está a dar cabal cumprimento, ao espírito e à letra, da recomendação da Assembleia da República”.

Na opinião dos deputados do PSD/Açores, Berta Cabral e António Ventura, a valorização dos produtos agroalimentares produzidos nos Açores está dependente da exportação, por isso, consideram ser essencial promover medidas que valorizem os mesmos produtos, “através da definição de um plano de internalização destes produtos envolvendo o Governo Regional dos Açores e os demais parceiros relacionados”.

Um dos objetivos dos deputados sociais democratas é garantir que o Governo da República reforce as ações de “integração das indústrias açorianas no âmbito das missões diplomáticas/empresariais sempre que estejam em causa interesses para a fileira agroalimentar dos Açores”.

Os deputados salientam que “a produção de leite e a sua transformação constituem um dos principais alicerces da economia regional, suportando o surgimento de outras atividades económicas”.

A agricultura nos Açores contribuiu para a sustentabilidade económica da Região, sendo uma forma de fixar as pessoas nos meios rurais e garantir a preservação ambiental.

No último ano foram produzidos 611 milhões de litros de leite nos Açores. Este número representa um novo recorde na Região e significa um aumento de 1,32% face a 2016, informou a Secretaria Regional da Agricultura e Florestas.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Quatro mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos