Economia

Três propostas para construir ferry para 650 passageiros e 150 viaturas

  • 22 de Maio de 2018
  • 77 Visualizações, Última Leitura a 22 Julho 2019 às 14:34
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Decorreu ontem o ato público de abertura das propostas apresentadas no âmbito do concurso limitado por prévia qualificação para a construção de um navio ‘RO-RO’ para a Região Autónoma dos Açores, com capacidade para 650 passageiros e 150 viaturas.

E, de acordo com uma nota de imprensa do governo regional, apresentaram proposta: Astilleros Armon, S.A. com um preço de 47,5 milhões de euros, Hijos de J. Barreras com um preço de 59 milhões de euros; e Amedeo Resources PLC e Taizhou Kouan Shipbuilding CO Ltd, em agrupamento, com um preço de 43,5 milhões de euros.

Segue-se agora a fase de análise e avaliação das propostas, de acordo com o exigido no programa de concurso e caderno de encargos, após o que será emitido um relatório preliminar e concedido um prazo de audiência prévia aos concorrentes.

Só depois de concluída a audiência prévia, será emitido um relatório final para decisão da Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas.

O júri do concurso é presidido por José Manuel Monteiro da Silva, Juiz Conselheiro do Tribunal de Contas, jubilado.De acordo com o caderno de encargos, o prazo de entrega do navio a construir é, no máximo, de 580 dias.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Nove mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos