Economia

Empresários querem que SATA aumente a capacidade na época alta

  • 24 de Fevereiro de 2010
  • 231 Visualizações, Última Leitura a 17 Agosto 2017 às 15:22
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A SATA não tem de disponibilidade de lugares para os voos Toronto-Terceira para o final de Julho deste ano, o que está a dificultar a deslocação de emigrantes às Festas Praia 2010. 

Essa foi uma das questões abordadas ontem pelos empresários terceirenses durante a terceira edição de “Negócios ao Pequeno-Almoço” que teve como convidado o presidente do Grupo SATA, António Gomes Menezes.

Durante a iniciativa promovida pela Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, o presidente da SATA admitiu o reforço das ligações na rota de Toronto, uma vez que o ano passado se registou um aumento de 24 por cento no tráfego naquela rota em relação a 2008.

António Menezes começou por apresentar o grupo SATA, apontando para uma maior competitividade e eficiência dos serviços com as mudanças na frota em curso.

Na apresentação aos empresários, o presidente da SATA realçou as vantagens que considera fundamentais com os novos aviões da companhia aérea (Dash Q200 e Dash Q400).  Segundo disse, esse tipo de aeronaves permitem “potenciar o fluxo de passageiros e aumentar a capacidade de carga, contribuindo para uma maior versatilidade operacional”.

As apostas da transportadora área regional, que efectua cerca de 16 mil voos por ano, estão centradas nos mercados do continente, Europa e América do Norte. No que se refere à operação na América do Norte, a SATA viu alterado o seu estatuto de companhia aérea em 2009, passando de charter para regular.

Mais Ligações

Outras das questões suscitadas pelos empresários relacionaram-se com a melhoria das condições logísticas e baixa de preços no transporte de cargas, especialmente para os produtos perecíveis, bem como, o aumento do número das rotas para a Terceira.

Os empresários defenderam mais ligações de Lisboa à Terceira, voos para o Porto durante todo o ano e ligações directas São Jorge ou Graciosa/Terceira/Lisboa, visto que actualmente os passageiros daquelas ilhas têm de pernoitar na Terceira para seguirem viagem para Lisboa.

Melhorar as ligações à Madeira porque os passageiros com destino a outras ilhas têm que passar por São Miguel e potenciar as ligações com as Canárias foram outras das questões colocadas na reunião com o Presidente da SATA que se seguiu ao “Negócios ao Pequeno-Almoço”.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos