Economia

Câmara do Funchal e comerciantes estimam prejuízos até 140 milhões de euros para empresas

  • 24 de Fevereiro de 2010
  • 234 Visualizações, Última Leitura a 20 Novembro 2017 às 19:16
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A Câmara Municipal e a Associação Comercial e Industrial do Funchal (ACIF) estimam que os prejuízos decorrentes da intempérie para as empresas do concelho possam atingir os 140 milhões de euros.

“O primeiro levantamento aponta para esse número”, disse à Agência Lusa o vereador da Câmara Municipal do Funchal com o pelouro das Finanças, Pedro Calado.

O responsável explicou que existem cerca de 900 estabelecimentos no concelho, tendo já sido contactados 580.

“Destes 580 estabelecimentos, 20 por cento dos empresários reportaram muitos danos, havendo 42 empresas com perda total, de espaço, equipamento e stock”, explicou Pedro Calado.

O responsável advertiu contudo de que neste levantamento, feito porta a porta, “não estão incluídos os estabelecimentos da parte mais baixa da cidade, perto do mercado, que são os mais afectados pela tragédia”.

“Pensa-se neste caso 80 a 100 por cento dos estabelecimentos tenham perda total”, declarou, assegurando desconhecer neste momento o número de pessoas que possam ficar no desemprego na sequência dos estragos nas empresas onde trabalhavam.

O vereador da Câmara do Funchal defendeu que, embora os bancos estejam a anunciar linhas de crédito com boas condições para ajudar o comércio, “é fundamental uma linha de crédito a fundo perdido”.

“Nesta fase temos de ir muito mais além”, considerou, admitindo que, caso contrário, as empresários não têm possibilidade de arcar com os prejuízos.

“A Câmara não vai abdicar dessa linha de crédito”, assegurou.

No último balanço do Governo Regional, as estimativas oficiais apontam para 42 mortos, tendo dado entrada na morgue 39 corpos, 37 dos quais foram já autopsiados.

Dos 39 corpos no necrotério improvisado, 37 já foram identificados e alguns já foram entregues às respectivas famílias.

O necrotério improvisado por debaixo da pista aeroportuária de Santa Catarina consiste num imenso contentor frigorífico, com capacidade para 400 corpos, que permite suportar até 30 dias os corpos até que sejam entregues às famílias.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Quatro mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos