Economia

Exportações subiram 8,8 por cento no último ano

  • 13 de Fevereiro de 2018
  • 20 Visualizações, Última Leitura a 23 Fevereiro 2018 às 04:41
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Durante o último ano a Região somou 91,2 milhões de euros devido à exportação de produtos para o estrangeiro.

O volume de exportações de produtos açorianos para o estrangeiro aumentou 8,8 por cento em 2017. Um resultado positivo que demonstra o sucesso na estratégia definida para promover os produtos açorianos.

Os dados das exportações foram revelados ontem pelo Serviço Regional de Estatística dos Açores. As exportações de bens atingiram 91,2 milhões de euros, sendo lideradas pela venda de produtos alimentares e bebidas com 56,6 por cento, seguida do setor das pescas com 19,4%.

Para Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional dos Açores, este é um resultado muito positivo, tendo destacado o trabalho estratégico da Região para aumentar o volume de negócios das empresas.

“São valores que comprovam o acerto e mérito de uma estratégia seguida pela Região. Estes valores apenas refletem a exportação para o estrangeiro, mas se analisarmos a exportação para o continente os valores também estão nesta linha. São indicadores positivos, mas não podemos descansar”, referiu o presidente do executivo regional.

Na base desta estratégia para a promoção da exportação está a criação da Marca Açores, um projeto que se iniciou há três anos e tem contribuído para aumentar a notoriedade de todos os produtos que estão associados à Marca Açores.

Também foi destacado o projeto Azores Export, destinado a apoiar as empresas para estarem presentes em eventos como o SISAB e outros certames onde se promove a exportação de produtos açorianos. Estas feiras ocorrem na Região, mas também permitem levar os produtos a feiras no continente e estrangeiro, garantindo um contacto direto entre empresas ligadas à exportação e o cliente final.

“Este esforço está a trazer resultados positivos para a economia açoriana. Isto deve-se a esta aliança dos empresários com o Governo Regional para garantir a promoção destes produtos”, afirmou, acrescentando que a Marca Açores contribuiu para um aumento do volume de negócios de “18 a 20 por cento”, sendo que atualmente já existem 1500 produtos ligados a este projeto.

O sucesso comercial das empresas ligadas à exportação também contribuiu para diminuir o desemprego nos Açores. “O que contribui decididamente para a criação de emprego é a economia privada. O Governo promove medidas para fomentar a economia privada a criar emprego. Os números neste domínio são muito elucidativos”, anunciou o presidente regional.

Vasco Cordeiro aproveitou ainda para incentivar os empresários dos Açores a continuar a apostar nesta estratégia associada à exportação e à modernização das empresas. “Para a frente é o caminho”, referiu, entre sorrisos e abraços, o presidente do Governo dos Açores, num momento de grande proximidade com os representantes das 28 empresas dos Açores que estão presentes no SISAB.

Já os empresários aproveitaram para oferecer os produtos que colocaram em exposição. Vasco Cordeiro foi provando as comidas, mas recusou as bebidas. “Estou em serviço não posso beber”, contou num momento de boa disposição.


Comboio da exportação

O presidente do SISAB, Carlos Morais, destacou a forte aposta efetuada pelos Açores neste evento que representa “o comboio da exportação nacional”.

“Felizmente este novo Governo dos Açores manteve e reforçou a aposta na promoção à exportação. Este Governo sempre acreditou neste projeto. Era muito difícil apoiar o projeto, antes de se conhecerem os resultados desta aposta. Agora o sucesso da exportação vai retirar mais pessoas do desemprego e gerar mais riqueza para os Açores. Isto será uma bola com efeitos positivos e tenho a certeza que este evento vai atrair mais investimento estrangeiro para os Açores”, assinalou.

Carlos Morais destacou que esta é uma parceria na qual todos ganham. “O sucesso das empresas é também o sucesso dos Açores, porque as empresas são a mola da economia. A economia precisa de governantes que apoiem estes projetos ligados à exportação”, reforçou.


Presidente da República escolhe o queijo dos Açores

A abertura deste salão foi realizada por Marcelo Rebelo Sousa, Presidente da República, que destacou a importância deste evento para a economia nacional, uma vez que aqui se constroem as bases para muitos negócios ao longo do ano. “Nunca posso perder esta iniciativa que é realmente uma ocasião única para encontrar milhares de importadores estrangeiros. Assistimos aqui a milhões de exportações de produtos nacionais. Aproveito sempre para olhar com muito carinho para os produtos açorianos”, afirmou o Presidente da República, acrescentando que o seu produto de eleição é “o queijo da ilha de São Jorge”.

A visita de Marcelo Rebelo de Sousa, efetuada em passo de corrida, foi aproveitada pelos empresários açorianos para tirar uma fotografia, mas também para entregar lembranças com produtos dos Açores.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Um mais Cinco? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos