Economia

Parque de ciência e tecnologia da ilha Terceira concluído no início de junho

  • 8 de Fevereiro de 2018
  • 87 Visualizações, Última Leitura a 24 Maio 2018 às 19:01
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O parque de ciência e tecnologia da ilha Terceira (Terinov), o segundo dos Açores, deverá estar concluído no início do segundo semestre de 2018, anunciou esta quarta-feira o presidente do Governo Regional.

"No próximo mês de março, estima-se que seja lançado o concurso público para a aquisição de equipamento e, em função de todos os procedimentos que estão envolvidos nesse tipo de concurso, o que se estima é que no final do primeiro semestre, inícios do segundo semestre deste ano, esteja já devidamente equipado e concluída esta obra", adiantou Vasco Cordeiro.

O presidente do executivo açoriano falava aos jornalistas à margem de uma visita às obras do parque de ciência e tecnologia, na freguesia da Terra Chã, em Angra do Heroísmo, que estão "já na fase de conclusão".

Segundo Vasco Cordeiro, o concurso para atribuição de espaços a empresas deverá abrir no decorrer do primeiro semestre deste ano, mas já há interessados.

"Há já mais duas dezenas de empresas que manifestaram interesse, segue-se agora a fase de abertura desse procedimento para a atribuição de locais", frisou.

O presidente do Governo Regional disse que o investimento, "superior a nove milhões de euros, incluindo a componente do equipamento", vai reforçar a capacidade que a região tem para atrair empresas nas áreas da biotecnologia, da indústria agroalimentar, das indústrias renováveis e das indústrias criativas.

"O objetivo central deste investimento e, à semelhança deste, de outros investimentos que o Governo Regional tem promovido na região, é, no fundo, garantir que este processo de recuperação económica a que temos assistido nos últimos tempos - ainda hoje foram tornados públicos valores relativos ao emprego, que dão nota desse crescimento - seja cada vez mais sustentável", disse, realçando também a oportunidade de "criação de emprego qualificado".

Instalado no antigo campus de Angra do Heroísmo da Universidade dos Açores, onde inicialmente funcionou um hospital militar, o Terinov terá uma zona para incubação de empresas e espaços para empresas existentes, espaços para indústrias criativas e laboratórios de investigação e desenvolvimento para a indústria agroalimentar e para produtos lácteos, acolhendo ainda o Centro de Biotecnologia dos Açores.

A primeira pedra da obra foi lançada em agosto de 2016, estimando-se, na altura, que o parque estivesse concluído em fevereiro de 2018, com um orçamento de 8,2 milhões de euros, cofinanciado por fundos comunitários, mas a infraestrutura está prevista há vários anos.

Em 2009, o então secretário regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos, José Contente, disse que o parque deveria estar concluído até ao final da legislatura (2012).


Fonte: Lusa / AO Online

 

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Um mais Oito? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos