Economia

Mais de 100 investidores da Diáspora encontram-se nos Açores

  • 1 de Janeiro de 2018
  • 232 Visualizações, Última Leitura a 25 Abril 2019 às 06:29
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Região pretende acolher até ao fim de junho mais de 100 empresários da Diáspora, tentando atrair investimento.

O Governo dos Açores quer reunir mais de 100 empresários na Região no primeiro Encontro Intercalar de Investidores da Diáspora, que deverá decorrer durante dois dias no final do primeiro semestre de 2018, numa ilha ainda a definir.

Os Açores pretendem desta forma afirmar a sua ‘diplomacia económica’, num encontro que está a atrair o interesse de muitos investidores de origem açoriana nos Estados Unidos da América e no Canadá.

Estes empresários estão repartidos por várias áreas de atividade, que vão das novas tecnologias à construção civil, passando pelos transportes, pela indústria ou pela restauração e turismo, esta última uma área com muito potencial de investimento na Região.

Em declarações ao Açoriano Oriental, o secretário regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas, Rui Bettencourt, afirmou que “temos na nossa Diáspora um potencial enorme de investidores, que não só têm uma grande ligação afetiva aos Açores, como têm também uma grande capacidade de investimento. Estamos entre a Europa e os Estados Unidos da América, num posicionamento estratégico muito bom e é desejável que este encontro nos Açores assinale isso mesmo”.

Para além disso, no caso do Canadá, o Acordo Económico e Comercial Global (CETA) entre a União Europeia e o Canadá, que entrou em vigor no passado mês de setembro, vem também “facilitar o investimento de canadianos na Europa, bem como as exportações dos Açores para o Canadá”, afirma Rui Bettencourt.

Calcula-se que a Diáspora açoriana, concentrada sobretudo nos Estados Unidos da América e Canadá, seja de cerca de um milhão de pessoas, ou seja, quatro vezes mais a população residente nos Açores.

“Não conheço nenhum povo que tenha uma Diáspora que seja quatro vezes superior à população do seu próprio território”, lembra o secretário regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas.

Recorde-se que em meados de dezembro, a cidade de Viana do Castelo recebeu o II Encontro de Investidores da Diáspora, com 570 participantes vindos de vários países onde Portugal tem comunidades, algumas delas bastante representativas.

Na altura, o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, afirmou, citado pela Agência Lusa, que a partir deste ano de 2018 vão passar a haver Encontros Intercalares de Investidores da Diáspora, que acontecerão alternadamente nos Açores na Madeira, recebendo o continente português o encontro principal no final do ano, onde predominam os empresários residentes em países como a França ou a Alemanha.

Estes Encontros Intercalares permitem que os Açores potenciem a sua Diáspora muito concentrada nos Estados Unidos da América e no Canadá, o mesmo acontecendo com a Madeira em relação à Venezuela e à África do Sul.

O secretário regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas, Rui Bettencourt, esteve em Viana do Castelo e reparou que “há muitos investidores que perguntam onde e como podem investir”, até porque os Açores, passado que foi o ‘pico’ da crise, começam novamente a dar “um grande salto no investimento e na sua economia”, refere o governante.

Nesta cidade minhota estiveram representantes de vários departamentos do Governo dos Açores, do Turismo às Relações Externas, passando pela Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA), no sentido de se poder dar uma resposta articulada às eventuais manifestações de interesse em investir na Região.

“O encontro servirá para transmitir aos investidores as potencialidades açorianas, do ponto de vista fiscal e empresarial, bem como para desmistificar algumas dificuldades que possam ter surgido no passado e que agora queremos resolver”, conclui Rui Bettencourt.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Cinco? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos