Economia

Receitas de hotelaria açoriana caem 10%

  • 17 de Fevereiro de 2010
  • 233 Visualizações, Última Leitura a 24 Novembro 2017 às 05:33
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Os proveitos totais atingiram 1,9 milhões de euros e os de aposento 1,0 milhões, correspondendo a variações homólogas negativas de 5,8% e 4,1%.

No passado ano de 2009 as receitas hoteleiras da Região registaram uma queda de 10% em relação ao ano de 2008. Segundo o Serviço Regional de Estatística dos Açores as receitas fixam-se assim em 49,1 milhões de euros.

Em relação às unidades hoteleiras açorianas, os dados indicam que os hóspedes nacionais foram responsáveis no ano passado por 489.500 dormidas nos hotéis, residenciais e pousadas da Região, o que representa uma quebra de 7,6%, relativamente ao ano de 2008. Já os estrangeiros atingiram um total de 515,5 mil dormidas, registando uma quebra em termos homólogos de 13,7%.

Os hóspedes atingiram neste período 328,0 mil dormidas, apresentando uma taxa de variação negativa de 7,2% relativamente ao mesmo período de 2008.

Em termos de variações homólogas acumuladas, de Janeiro a Dezembro todas as ilhas apresentaram variações homólogas negativas, à excepção da ilha Graciosa e da ilha do Pico, com um aumento de 6,2% e 0,5% respectivamente. As quebras mais acentuadas verificaram-se nas ilhas das Flores, do Faial, de S. Miguel e Terceira, respectivamente com, 13,1%, 12,6%, 12,0% e 8,0%.

A ilha de S. Miguel com 696,3 mil dormidas concentrou 69,3% do total das dormidas, seguindo-se a Terceira com 141,6 mil dormidas (14,1%) e o Faial com 79,9 mil dormidas (8,0%).

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Três mais Oito? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos