Economia

Vale de 10 mil euros estimula economia digital açoriana

  • 11 de Dezembro de 2017
  • 487 Visualizações, Última Leitura a 22 Julho 2019 às 01:16
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Entrou em vigor na passada semana o Vale PME Digital Açores, que prevê um apoio do Governo de até 10 mil euros por serviço às Pequenas e Médias Empresas (PME) açorianas que operam na área da economia digital.

Em declarações ao Açoriano Oriental, o vice-presidente do Governo dos Açores, Sérgio Ávila, afirmou que o Vale PME Digital visa “criar condições e incentivos adicionais para que, por um lado, as empresas açorianas incorporem um maior investimento na área tecnológica e, por outro lado, estimulando a criação nos Açores de mais empresas na área das tecnologias, através da bolsa de empresas que irá prestar os serviços”.

Caberá à Direção Regional de Apoio ao Investimento e à Competitividade (DRAIC) o processo de acreditação das empresas prestadoras de serviços na área das tecnologias digitais, para que estas possam integrar a bolsa de empresas que irá beneficiar do Vale PME Digital Açores.

O apoio do Governo só está definido - até 10 mil euros - em relação a um Vale por cada empresa, não havendo limite para o número de Vales nem para o número de empresas a apoiar.

Além disso, esse apoio é cumulativo com outros apoios relacionados com o investimento ou com o emprego dos quais as empresas já estejam a beneficiar.

Os pagamentos do Vale PME Digital Açores serão feitos pelo Governo diretamente à empresa prestadora do serviço e mediante o comprovativo da venda, evitando-se assim pagar antecipadamente à empresa que pretende adquirir o serviço digital e correr-se o risco deste dinheiro ser utilizado para outros fins.

O investimento apoiado pelo Vale PME Digital Açores pode ser feito na criação de plataformas de venda, mas também na melhoria da eficiência dos processos internos das empresas, nalguns casos ainda muito burocráticos. Isto porque, este investimento nos processos internos contribui para melhorar a rentabilidade das empresas, libertando os colaboradoras para as tarefas de contacto direto com os clientes.

A economia digital tem crescido nos Açores, mas há ainda muito potencial a explorar, uma vez que as novas tecnologias ajudam a quebrar as barreiras do isolamento e podem permitir, por exemplo, que um empresário trabalhe na ilhas das Flores em condições mais próximas do que outro em São Miguel, sendo que nas formas tradicionais de comércio, a diferença entre trabalhar numa ilha mais ou menos populosa seria muito maior.

Áreas emergentes como o turismo já beneficiam muito com o investimento na economia digital, mas também a venda de produtos para o exterior - como é o caso dos produtos certificados com a Marca Açores - pode ganhar muito com um maior investimento na economia digital.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Três mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos