Economia

Empresas de artesanato aumentaram mais de 20% nos Açores

  • 24 de Novembro de 2017
  • 167 Visualizações, Última Leitura a 17 Fevereiro 2019 às 03:28
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O número de empresas de artesanato registou um aumento de mais de 20 por cento nos Açores desde 2015, estando atualmente inscritas 543 unidades produtivas no Centro Regional de Apoio ao Artesanato (CRAA).

“O Governo dos Açores tem adequado os seus programas de apoio ao desenvolvimento do artesanato, numa perspetiva de aumentar o número de unidades produtivas artesanais na Região e elevar a qualidade do artesanato”, afirmou o Diretor Regional do Apoio ao Investimento e Competitividade.

Ricardo Medeiros, que falava quinta-feira, em Ponta Delgada, na abertura do V Festival de Artesanato dos Açores – Prenda, destacou os apoios existentes no sistema anual de incentivos financeiros do Centro Regional de Apoio ao Artesanato – SIDART, com o objetivo de “ajudar a atividade profissional dos artesãos e o desenvolvimento económico das empresas”.

Estes apoios contemplam a comercialização, a promoção, a formação e o investimento em estruturas e equipamento de produção.

“Este ano, candidataram-se 247 projetos, dos quais 142 foram aprovados, num investimento global de quase meio milhão de euros, a que correspondeu uma comparticipação financeira pública de mais de 240 mil euros”, afirmou o Diretor Regional.

Ricardo Medeiros salientou que, "nos últimos três anos, houve não só um aumento significativo de candidaturas, como os artesãos têm apostado nos projetos de melhoria da sua unidade produtiva e na qualificação e inovação do seu produto”.

O PRENDA tem-se “afirmado como o maior evento de promoção e comercialização de artesanato de sucesso, com uma grande adesão por parte do público e dos artesãos, dinamizando a época baixa do ano”, acrescentou.

Trata-se de uma iniciativa, segundo Ricardo Medeiros, “que revela o crescente dinamismo desta atividade, acarinhada pelo Governo dos Açores", frisando que "o artesanato é hoje reconhecido pelas suas potencialidades como motor de desenvolvimento a várias escalas, sendo múltiplos os seus impactos, diretos e indiretos”.

Desde 2015 participaram neste evento 154 unidades produtivas artesanais de diversas áreas, foram realizados 32 workshops para diferentes públicos no âmbito dos programas do festival e múltiplas atividades de animação e promocionais.

Este ano, o Festival de Artesanato dos Açores, que decorre até domingo, 26 de novembro, no Pavilhão do Mar, em Ponta Delgada, conta com mais de meia centena de artesãos e empresas de artesanato.

As 51 unidades produtivas artesanais presentes neste certame expõem e vendem trabalhos nas áreas dos presépios de lapinha, registos, bordados, escamas de peixe, brinquedos, cestaria, rendas, doçaria, bambu, bijuteria e cerâmica figurativa, entre outras.

Este festival é o maior evento de artesanato do ano organizado pelo CRAA, destacando-se os produtos certificados ao abrigo da marca coletiva ‘Artesanato dos Açores’, com mais de 70 artesãos já certificados.

O PRENDA tem entrada gratuita e está aberto hoje, sexta-feira, das 18h00 às 23h00, sábado, das 14h00 às 23h00, e domingo, das 14h00 às 22h00.

 

Fonte: GaCS

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos