Economia

Parceiros sociais começam a discutir hoje alterações à lei laboral

  • 10 de Novembro de 2017
  • 13 Visualizações, Última Leitura a 19 Novembro 2017 às 02:58
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Os parceiros sociais começam a discutir hoje alterações à legislação laboral e, em cima da mesa, vai estar a “segmentação do mercado de trabalho”, confirmou à Agência Lusa fonte do Ministério do Trabalho.

A intenção de negociar medidas que reduzam a segmentação do mercado de trabalho e promovam a negociação coletiva estão previstas no relatório que acompanha o Orçamento do Estado para 2018 (OE2018).

"Está prevista a negociação de um acordo tripartido, em sede de concertação, que integre medidas de redução da segmentação do mercado de trabalho e de promoção da negociação coletiva, incluindo, nomeadamente, medidas de cariz legislativo", lê-se no documento.

Em causa estão medidas como "a limitação do regime de contrato a termo, no sentido de aumentar os níveis de contratação com base em contratos permanentes, nomeadamente revogando a norma do Código do Trabalho que prevê como motivo justificativo para a contratação a termo a contratação de trabalhador à procura do primeiro emprego e de desempregados de longa duração".

Entre as medidas que serão negociadas com os parceiros sociais está a diferenciação da taxa contributiva a cargo das entidades empregadoras em função da modalidade de contrato de trabalho e a revogação do banco de horas individual.


Fonte: Lusa / AO Online

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Três mais Quatro? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos