Economia

Câmara de Comércio dos Açores quer ver proposta de baixa de impostos

  • 30 de Setembro de 2017
  • 219 Visualizações, Última Leitura a 25 Maio 2019 às 01:38
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria dos Açores (CCIA) disse ontem que gostaria de ver na proposta de Orçamento para 2018 do Governo Regional a redução de impostos proposta em conjunto com a UGT e a Federação Agrícola.

“Nós gostaríamos, como é evidente, que isso se espelhasse já no Orçamento de 2018”, afirmou Carlos Morais, após a reunião, em Ponta Delgada, do Conselho Regional de Concertação Estratégica, para analisar as antepropostas de Plano e Orçamento para 2018.

Em fevereiro, a CCIA (que representa cerca de 2.200 empresários), a UGT e a Federação Agrícola anunciaram que iriam propor ao presidente do executivo açoriano, Vasco Cordeiro, negociações para rever o pacote fiscal da região, passando por uma redução do IRS, IRC e IVA (impostos sobre o rendimento singular, o rendimento coletivo e o consumo), com um impacto orçamental estimado de 40 milhões de euros.

No mês seguinte, o Governo dos Açores informou que iria estudar o impacto da redução da receita da região na sequência da proposta de revisão do pacote fiscal. Carlos Morais salientou a importância de a diminuição da carga fiscal “se traduzir num aumento de verbas para a população”.

Quanto à anteproposta do Plano de Investimento para 2018, o presidente da Câmara de Comércio e Indústria dos Açores registou uma diminuição de 3% face ao documento deste ano, mas “independentemente dos decréscimos”, realçou a questão da execução orçamental.

“Não foram apresentados os dados da execução do Plano de 2017. Além de termos bons planos, também é preciso termos uma excelente execução”, considerou, adiantando que, de uma forma geral, os empresários estão “satisfeitos”.

Segundo o responsável, “existem algumas preocupações que estão contempladas neste plano, nomeadamente na área do turismo”, setor que “está a alavancar a economia regional”, e na área da formação.


Fonte: Lusa

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Seis mais Cinco? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos