Economia

Alojamento local apresenta maior crescimento no primeiro semestre

  • 26 de Setembro de 2017
  • 78 Visualizações, Última Leitura a 17 Dezembro 2017 às 02:24
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

No primeiro semestre, o alojamento local destacou-se por apresentar a maior evolução positiva: 57,4% nos hóspedes e 37% nas dormidas.

O alojamento local foi a tipologia de alojamento que apresentou a maior taxa de crescimento no primeiro semestre deste ano, segundo revela o SREA.

De acordo com dados do Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA), o alojamento local foi o tipo de alojamento que registou maior evolução positiva entre janeiro e junho deste ano, 57,4% nos hóspedes e 37% nas dormidas.

Por ilhas, a Terceira com 205% foi a ilha onde o alojamento local mais cresceu, com mais do triplo das dormidas (mais de 10 mil dormidas) em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Seguiu-se São Jorge com 39,9% (mais de mil dormidas), São Miguel com 36,5% (mais 26.215 dormidas) e as Flores com 21,8%.

Relativamente aos hóspedes, a taxa de crescimento do alojamento local ainda foi mais positiva, tendo no primeiro semestre apresentado uma taxa de 57,7% enquanto a hotelaria tradicional registou 17,3%.

Por ilhas, também nos hóspedes, a ilha Terceira registou a maior taxa de crescimento com 313,5% (quatro vezes mais que no ano anterior, mais de 3.665 hóspedes), seguindo-se São Miguel com 63,3% (mais de 10.338 hóspedes), Flores com 31,7% e São Jorge com 26,3%.

Refira-se que do total das 967,6 mil dormidas registadas nos Açores nos primeiros seis meses do ano, a hotelaria tradicional, que compreende os hotéis, hotéis apartamentos, apartamentos turísticos e pousadas, atingiu 782,3 mil dormidas, o turismo no espaço rural 17,3 mil dormidas, as pousadas de juventude 20,6 mil dormidas, os parques de campismo 856 dormidas e o alojamento local 146,5 mil dormidas.

 

Portugueses são os que mais procuram hotelaria tradicional

No primeiro semestre deste ano foram registados nos Açores 321.039 hóspedes nos diversos tipos de alojamento na Região, tendo a hotelaria tradicional concentrado 82 por cento do número de hóspedes, dos quais mais de 55 % eram portugueses, de acordo com dados do SREA.

Quando se passa da hotelaria tradicional para o turismo rural ou o alojamento local, verifica-se que esta relação se inverte com a maioria dos hóspedes a ser estrangeiros. Assim, dos 4531 hóspedes do turismo rural no primeiro semestre, aproximadamente três em quatro eram estrangeiros.

Já no alojamento local, a relação é menor com 53 por cento dos 41.661 hóspedes a optarem por este tipo de alojamento a ter vindo de fora de Portugal.

O Serviço Regional de Estatística dos Açores realça, no entanto, que os dados poderão não ser exatos, dado que a taxa de resposta não é a mesma nos diferentes tipos de alojamento.

“Enquanto na hotelaria tradicional e pousadas de juventude todos os estabelecimentos respondem com regularidade, no turismo em espaço rural, parques de campismo e alojamento local, as taxas de resposta ficam aquém dos 100%, pelo que uma análise destes dados terá sempre que ter em conta a taxa de resposta e a capacidade de alojamento dos estabelecimentos”, explica, realçando que “os dados apresentados refletem a respostas dos informadores, visto que para estes inquéritos não existe um tratamento de não respostas”.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Cinco mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos