Economia

Geoturismo com maior relevância nos Açores

  • 11 de Setembro de 2017
  • 34 Visualizações, Última Leitura a 20 Novembro 2017 às 07:28
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

27 centros de intrepretação nos Açores registam um crescimento de 10 por cento do número de visitantes até julho.

O driretor regional do Turismo afirmou que o Geoturismo é uma realidade fundamental no setor e cada vez mais relevante nos Açores, enquanto destino turístico sustentável.

Filipe Macedo falava em Ponta Delgada na sessão de encerramento da 14ª Conferência de Geoparques Europeus, que durante 3 dias reuniu cerca de 400 participantes de 35 países diferentes em torno do tema “Geoparques como estratégia de turismo sustentável para o desenvolvimento”.

“É certo que esta já é uma realidade fundamental no setor onde se destacam os 57 geossítios selecionados como prioritários para a implementação de estratégias de geoconservação e ações de valorização e de promoção turística dos Açores, num total de 121 identificados”, frisou o Diretor Regional.

Filipe Macedo realçou ainda que os Açores apresentam uma rede de 27 centros de interpretação”, que registaram um crescimento de cerca de 10% do número de visitantes até julho deste ano, em comparação com o período homólogo, que “contribuem para um geoturismo de qualidade na Região, em estreita ligação com o respeito pela conservação da natureza, os valores ambientais e o desenvolvimento da sua população”.

Na sua intervenção, o Diretor Regional acrescentou que “82% dos nossos visitantes escolhem os Açores pela natureza e pelos seus recursos naturais, o que se traduz numa forte preponderância do destino de turistas ambientalmente exigentes e muito sensíveis a potenciais impactos que possam afetar a imagem de excelência que conseguimos criar com o trabalho desenvolvido por todos ao longo dos últimos anos”.

Filipe Macedo lembrou, ainda, que “2017 foi declarado o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento e que é essa a assinatura para qual o Governo tem trabalhado, fazendo jus ao desígnio dos Açores certificados pela Natureza”.

Sobre a 14ª Conferência de Geoparques Europeus, o Diretor Regional deu destaque à iniciativa por se “revestir de elevada importância ao colocar na ordem do dia temáticas que devem ser discutidas e pensadas por todos nós, os stakeholders, porque só em conjunto é que conseguiremos promover o desenvolvimento harmonioso da nossa comunidade em termos ambientais, sociais, económicos e culturais.”

“Fazer dos Açores o palco privilegiado no que diz respeito a temáticas sobre o desenvolvimento sustentável, onde o setor do turismo e do ambiente assumem um papel preponderante de atuação, é, para o Governo dos Açores, uma estratégia que deve manter-se no futuro”, garantiu Filipe Macedo.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Seis mais Três? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos