Economia

Valor médio da avaliação bancária das casas sobe 5% para 1117 euros/m2 em julho

  • 29 de Agosto de 2017
  • 29 Visualizações, Última Leitura a 18 Outubro 2017 às 12:09
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O valor médio de avaliação bancária em Portugal aumentou em julho 0,4% face a junho e 4,6% em termos homólogos, para 1117 euros por metro quadrado (m2), divulgou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo o Inquérito à Avaliação Bancária na Habitação do INE, O valor médio da avaliação bancária realizada no âmbito da concessão de crédito à habitação aumentou cinco euros em julho, face a junho.

A subida da taxa de variação em cadeia foi determinada pelo aumento de 0,8% na avaliação dos apartamentos, valor superior em 0,6 pontos percentuais ao observado para as moradias (0,2%).

A nível regional, as maiores subidas registaram-se no Centro (1%) e na Área Metropolitana de Lisboa (0,9%). A única descida verificou-se na Região Autónoma dos Açores (-0,8%).

Em comparação com o período homólogo, o valor médio de avaliação registou um crescimento de 4,6% em julho (variação de 4,4% no mês anterior), com as variações mais significativas a observarem-se no Algarve (5,6%) e no Norte (5,5%), tendo a Região Autónoma dos Açores apresentado o menor crescimento (1%).

O valor médio de avaliação bancária dos apartamentos situou-se em 1.167 euros/m2, nove euros superior ao obtido no mês anterior, tendo aumentado 5,2% em termos homólogos (4,8% em junho).
O valor médio de avaliação bancária das moradias, por sua vez, fixou-se em 1.037 euros/m2, valor superior em 2 euros ao observado no mês anterior.

Em termos homólogos, o valor médio das moradias aumentou 4,3%, taxa idêntica à observada no mês precedente.


Fonte: Lusa / Ao online

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Quatro? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos