Economia

Governo dos Açores com novos sistemas de incentivos

  • 5 de Fevereiro de 2010
  • 238 Visualizações, Última Leitura a 18 Dezembro 2017 às 10:59
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O Executivo pretende encontrar soluções que permitam uma melhor utilização e acesso por parte dos empresários a estes apoios.

Vasco Cordeiro, que falava aos jornalistas após uma audição com a Comissão de Economia da Assembleia Legislativa para análise de um conjunto de propostas de alteração ao Sistema de Incentivos para o Desenvolvimento Regional dos Açores (SIDER), recordou que o Governo dos Açores, já em Janeiro do ano passado, procedeu à introdução de algumas alterações que “visaram agilizar os procedimentos de análise das candidaturas, assim como da documentação solicitada nos processos”.
 
As alterações agora debatidas na Comissão de Economia relacionam-se com a redução do valor do indicador de autonomia financeira exigido às empresas, que passa de 25% para 15%, bem como com a diminuição da contribuição em capitais próprios para financiar o projecto de investimento, de 25 para 20%. São alterações, segundo explicou Vasco Cordeiro, “só agora podem ser introduzidas, uma vez que anteriormente não eram admitidas pela União Europeia, e que vão facilitar o acesso da parte dos empresários a estes incentivos”.

Em virtude destas alterações, o processo de análise das candidaturas apresentadas actualmente aos diversos subsistemas do SIDER, permite que se tenha alcançado “um período de dois a três meses para a decisão, e um prazo de um a dois meses para os pagamentos”.

“O objectivo do Governo é criar as condições para que o sistema dê a melhor resposta aos empresários e também aos trabalhadores, de forma a proporcionar uma resposta rápida aos seus projectos de investimento”, acrescenta.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos