Economia

Governo regional quer que PT crie empresa com sede na região

  • 4 de Fevereiro de 2010
  • 226 Visualizações, Última Leitura a 18 Dezembro 2017 às 14:26
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O Governo Regional dos Açores manifestou hoje interesse em que a Portugal Telecom (PT) crie uma empresa com sede na região, beneficiando das vantagens fiscais do arquipélago, onde investiu 50 milhões de euros nos últimos cinco anos.

“Em matéria fiscal, somos uma região atrativa”, afirmou José Contente, secretário regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos, recordando que o IRC e o IVA “são 30 por cento mais baixos nos Açores do que no continente”.

Aproveitando estas vantagens fiscais, o executivo açoriano manifestou interesse na possibilidade de a PT criar uma empresa com sede na região, o que permitiria beneficiar os Açores com mais receitas fiscais e a empresa com impostos mais baixos.

O presidente da PT, Zeinal Bava, que se deslocou hoje aos Açores para apresentar o ‘Innovation Day’, admitiu ter conhecimento do interesse do executivo açoriano, mas frisou que se trata de “um tema complexo, que tem que ser ponderado”.

Nesse sentido, salientou que a questão foi entregue ao administrador com o pelouro financeiro, que vai “analisar” a possibilidade de a PT criar uma empresa com sede nos Açores.

Zeinal Bava frisou, no entanto, que “os Açores são um mercado importante para o Grupo PT”, recordando o investimento de mais de 50 milhões de euros que foi realizado nos últimos cinco anos na região, onde tem 254 colaboradores.

“Já temos um contributo significativo na economia açoriana”, afirmou o presidente da PT, que não afastou a possibilidade de criar uma empresa com sede dos Açores, mas também não se comprometeu com essa hipótese.

O ‘Innovation Day’ que a PT veio hoje apresentar aos Açores é um evento dedicado à inovação tecnológica, especialmente vocacionado para as empresas.

Nas declarações que prestou aos jornalistas, José Contente frisou que as soluções apresentadas pela PT representam “mais um salto tecnológico nos Açores”.

“É muito importante que a região esteja perto das tecnologias de informação e comunicação”, salientou o secretário regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos.

Entre as cerca de duas dezenas de produtos e serviços apresentados pela PT aos empresários açorianos encontram-se a ‘gestão de atendimento, a corporate tv, o multidisplay, que permite apresentar conteúdos em múltiplos ecrãs, ou o medigraf, na área da telemedicina.

Esta tarde, a PT inaugura um estúdio de telepresença, em Ponta Delgada, um serviço videoconferência especialmente adaptado a um ambiente de reunião, que funciona em salas padronizadas, iguais em qualquer parte do mundo.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Cinco mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos