Economia

Greve nos aeroportos sem impacto nos Açores

  • 17 de Abril de 2017
  • 250 Visualizações, Última Leitura a 23 Abril 2019 às 14:16
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação Civil (SITAVA) avançou ontem que a greve parcial dos trabalhadores das empresas de vigilância e segurança privada registou uma adesão superior a 50% nos aeroportos de Lisboa e Porto.

“A adesão tem estado entre 50 e 60% entre Porto e Lisboa, em Faro estava na ordem dos 30 a 40%, nos Açores e Madeira mais baixo, mas significativo”, afirmou à Lusa o dirigente sindical, Armando Costa.

O responsável admitiu, contudo, que a greve não causou atrasos, nem cancelamentos de voos, tal como tinha dito a ANA - Aeroportos de Portugal, mas garantiu que esse não era o objetivo, pelo que propositadamente a greve foi apenas parcial.

“O objetivo não era paralisar o aeroporto, não era penalizar os passageiros nem as companheiras aéreas, era desregular os horários das empresas [de segurança} com o objetivo de lhes fazer o que fazem aos trabalhadores”, explicou o dirigente sindical, Armando Costa.


Fonte: Lusa

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Um mais Cinco? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos