Economia

Governo prorroga programa Recuperar por mais um ano

  • 5 de Janeiro de 2017
  • 594 Visualizações, Última Leitura a 24 Agosto 2019 às 19:55
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O Governo Regional dos Açores prorrogou por mais 12 meses o programa Recuperar para “os ocupados que tenham tido uma ocupação de doze meses e cujo projeto tenha sido submetido em dezembro de 2015”.

De acordo com uma portaria da Vice-Presidência do Governo Regional publicada ontem em Jornal Oficial, beneficiam desta prorrogação todos os cidadãos que “tenham tido uma ocupação de doze meses e cujo projeto tenha sido submetido em dezembro de 2015” e cuja entidade promotora o expresse, “desde que tal ocorra na mesma entidade e projeto”.

Recorde-se que ainda no final de dezembro, a União dos Sindicatos de Angra do Heroísmo (USAH) acusou o Governo Regional de ter uma política de emprego que não garante emprego estável nem a valorização dos trabalhadores.

Em comunicado, a USAH afirmava na altura que “a política de emprego nos Açores, que se concretiza nestas dezenas de programas, serve, na realidade, quatro objetivos e, infelizmente, nenhum deles é, efetivamente, a criação de emprego estável, de qualidade, com direitos e perspetiva de valorização pessoal e profissional para os trabalhadores”.

Assim, para a União de Sindicatos, o Governo tem - através dos vários programas ocupacionais - vindo a “disfarçar a dimensão, avassaladora, do desemprego na nossa Região”, “reduzir os custos com os trabalhadores na Administração Pública Regional”, “transformar a natureza do emprego público, destruindo-lhe as características e condições” e “sustentar as empresas privadas, fornecendo-lhes mão-de-obra gratuita ou subsídios para a contratação e contribuir para o aumento da precariedade”.

A USAH estimou já que os vários programas ocupacionais na Região ocupem mais de 11 mil pessoas.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos