Economia

Desemprego jovem abaixo dos 30 por cento

  • 15 de Novembro de 2016
  • 351 Visualizações, Última Leitura a 26 Maio 2019 às 03:48
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A taxa de desemprego jovem nos Açores atingiu os 29,6 por cento no terceiro trimestre, ficando abaixo dos 30 por cento pela primeira vez nos últimos cinco anos, segundo dados divulgados pelo Boletim Estatístico Trimestral do SREA.

A última vez que se registou na Região uma taxa de desemprego jovem abaixo dos 30% foi no terceiro trimestre de 2011, em que se registou 28,9%.

Os dados do Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA) revelam que a taxa de desemprego dos jovens, indivíduos com idades compreendidas entre os 15 e os 24 anos, diminuiu no terceiro trimestre 4,6 pontos percentuais (p.p.) face ao trimestre anterior, e ficou -1,1 abaixo do trimestre homólogo.

Mesmo assim, a taxa de desemprego entre os 15 e os 24 anos continua a ser quase três vezes superior à taxa de desemprego no geral, que foi 10,7%, segundo dados do Boletim Estatístico Trimestral.

A taxa de desemprego de 10,7% no 3º trimestre de 2016 representa uma diminuição de 0,3 p.p. relativamente ao trimestre anterior e de 1,4 p.p. relativamente ao trimestre homólogo.

O SREA acrescenta que a diminuição homóloga do desemprego foi devida “quer à diminuição do número de desempregados à procura do novo emprego, que passaram de 14.978 para 11.137 indivíduos, quer à diminuição dos desempregados à procura do primeiro emprego, que passaram de 2089 para 1819 indivíduos”.

Já numa análise por sexos, em termos homólogos, verifica-se um aumento do desemprego entre as mulheres, com o sexo feminino a passar de 35,2% para 36,9% dos desempregado e o sexo masculino de 64,8% para 63,1%.

Já em relação ao emprego, observou-se um acréscimo de 0,6% em termos trimestrais e um decréscimo de 0,1% em termos homólogos.

Na evolução do emprego por setores de atividade, verificou-se apenas um aumento na variação homóloga, no setor terciário (3,1%), enquanto no setor primário e secundário verificaram-se diminuições (17,4% e 1,9% respetivamente).

Em termos trimestrais, a situação foi semelhante: apenas o setor terciário apresentou um aumento (0,9%). Os setores primário e secundário apresentaram diminuições (0,1% e 0,6% respetivamente).


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos