Economia

Acordo beneficiará queijos dos Açores

  • 25 de Outubro de 2016
  • 390 Visualizações, Última Leitura a 23 Março 2019 às 21:04
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A deputada do PS/Açores na Assembleia da República, Lara Martinho, defendeu que o Acordo Económico e Comercial Global (CETA) trará uma maior abertura do mercado do Canadá aos queijos açorianos.

Em nota enviada à comunicação social, Lara Martinho acrescenta que a proteção do Queijo de São Jorge está garantida na Proposta de Decisão do Conselho Europeu relativa à aplicação provisória do  CETA.

Nesse contexto lembra que, de acordo com o documento da Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas, Portugal conseguiu incluir 19 produtos com Identificação Geográfica, ficando de fora 21 outros produtos com nomes em conflito no Canadá, e que o Queijo de São Jorge é um dos casos em que é permitido o uso do nome na sua tradução em inglês.

A deputada, autora do relatório, refere assim que se encontrou “uma solução que permite um certo nível de proteção do produto”, considerando “importante o acompanhamento da atuação do comité misto” e reforça a importância da inclusão de proteção integral do Queijo de São Jorge no mercado do Canadá.

O documento salienta “o aumento da quota alocada à importação de queijos da Europa para o Canadá, o que poderá significar o aumento das exportações nacionais para aquele país”, e em particular o aumento das exportações de queijos açorianos, que estarão certamente na mira dos importadores.

O relatório revela que “apesar do fluxo de comércio entre Portugal e o Canadá ser ainda pouco significativo, representado aquele mercado apenas 0.7% das exportações portuguesas em 2015, perspetiva-se um incremento das relações comerciais e de investimento”.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos