Economia

Voos entre a Terceira e Lisboa sem lugares em classe económica

  • 3 de Setembro de 2016
  • 430 Visualizações, Última Leitura a 18 Outubro 2018 às 09:46
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) alerta para a falta de lugares nos voos entre a ilha Terceira e o continente em classe económica, registada entre 28 de agosto e 13 de setembro, alegando que essa situação dá origem a "longas listas de espera" e impede a normal circulação de passageiros.

Num comunicado de imprensa, a comissão de promoção e dinamização do turismo da CCAH alega que esta situação já se tinha verificado, no ano passado, após a liberalização do espaço aéreo, acrescentando que já tinha alertado "para a necessidade de haver um reforço de voos durante esta época".

O problema tem-se sentido não só nas ligações para o continente, como de ilha para ilha.

Ainda esta semana DI deu conta de reclamações de empresários locais, que não conseguiam deslocar-se entre a Terceira e São Miguel, por falta de lugares na SATA Air-Açores.

Jorge Franco esteve quase a marcar uma passagem para Lisboa para depois poder fazer a ligação com São Miguel, mas até esse voo esgotou antes que tivesse tempo de reservar lugar.

O problema só se resolveu à última hora, com um voo extraordinário.


Dormidas em alta

Por outro lado, a Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo mostra-se satisfeita com o "aumento substancial" do número de dormidas nas ilhas Terceira e Graciosa.

"No período de janeiro a junho deste ano, os aumentos foram de 95,4% na ilha Terceira e de 50,1% na Graciosa, em termos de variações homólogas acumuladas, o que se tem tornado essencial para o desenvolvimento do tecido empresarial, especialmente na ilha Terceira", frisou, em comunicado.

A satisfação dos empresários não é extensível, no entanto, à ilha de São Jorge, que "de janeiro a junho, apresentou uma variação homóloga acumulada negativa de 3,4%".

A associação empresarial salienta ainda a necessidade de haver uma aposta na qualificação do produto turístico e dos recursos humanos, "para que se possa atingir níveis de excelência no serviço que é prestado a quem nos visita".


Fonte: Diário Insular

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Sete mais Quatro? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos