Economia

Manutenção de extintores assegurada com protocolo

  • 1 de Setembro de 2016
  • 528 Visualizações, Última Leitura a 25 Maio 2019 às 02:23
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

As associações humanitárias de bombeiros voluntários de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória estabeleceram um protocolo para dar continuidade ao serviço de manutenção de extintores da ilha Terceira.

Segundo comunicado remetido às redações, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória está certificada pela norma portuguesa número 4413/2012, através dos Serviços Internacionais de Certificação, cumprindo, assim, todos os requisitos legalmente exigidos para a execução deste serviço.

De acordo com as direções das associações, o protocolo não só deverá contribuir para uma maior eficácia na manutenção dos extintores na ilha, como também - e uma vez que se trata de uma atividade de cariz comercial - permitir ajudar ao equilíbrio financeiro de ambos os organismos.

PROBLEMAS DÃO COIMAS

De acordo com a legislação, a inexistência ou deficiente instalação, funcionamento ou manutenção de extintores de incêndio é punível com coima graduada de e275 até ao máximo de e2.750, no caso de pessoa singular, ou até e27.500, no caso de pessoa coletiva.

Nos casos em que os extintores ultrapassem o prazo de validade ou de manutenção a coima pode ir dos e180 até ao máximo de e1.800, no caso de pessoa singular, ou até e11.000, no caso de pessoa coletiva.

São obrigatórios extintores em todas as utilizações tipo, com exceção da utilização-tipo I (Habitacional) das primeira e segunda categorias de risco.

FONTE: Diário Insular

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Um mais Três? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos