Economia

Açores chega aos 800 quilómetros de percursos pedestres

  • 21 de Junho de 2016
  • 293 Visualizações, Última Leitura a 18 Novembro 2017 às 12:11
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O arquipélago dos Açores tem 80 trilhos pedestres com um total de 800 quilómetros, passando a contar desde hoje, na ilha Graciosa, com a primeira grande rota familiar da região.

“A região, neste momento, tem 80 trilhos pedestres homologados e distribuídos por todas as ilhas, numa extensão superior a 800 quilómetros e que são já um cartaz turístico”, disse o presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, em Santa Cruz da Graciosa, na inauguração da Grande Rota da Graciosa, iniciativa integrada na visita estatutária que o executivo açoriano termina hoje a esta ilha.

Segundo Vasco Cordeiro, “a importância dos trilhos pedestres para o turismo dos Açores é conhecida”, considerando que contribuem para este “movimento de crescimento do turismo que se tem verificado de forma mais significativa nos últimos tempos”.

A Grande Rota da Graciosa tem cerca de 40 quilómetros e um nível de dificuldade fácil, pelo que é a primeira do arquipélago classificada como rota familiar.

Além da Grande Rota da Graciosa, a região tem outras três - em São Jorge, Santa Maria e Faial - prevendo-se, ainda este ano, a inauguração de uma na ilha das Flores.

Uma grande rota tem de ter, pelo menos, 30 quilómetros e estar homologada.

O governante sustentou que esta é, também, uma aposta na “diversificação da oferta turística regional, em especial naquilo que tem a ver com o turismo da natureza”, destacando o contributo para a “diminuição da sazonalidade”.

Vasco Cordeiro exemplificou que, na ilha Graciosa, entre janeiro e abril de 2016, comparativamente ao período homólogo do ano passado, o número de dormidas “cresceu mais de 20%”.

Ainda na Graciosa, nesta legislatura que começou em 2012, há um crescimento de 60,5% de dormidas no inverno, informou o governante, destacando a importância destes números para a “atenuação da sazonalidade”.

A Graciosa, com cerca de 60 quilómetros quadrados, integra a rede mundial de Reservas da Biosfera da UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.

É a segunda ilha mais pequena dos Açores, depois do Corvo, e a mais a norte das cinco que compõem o grupo central do arquipélago, onde se incluem Terceira, São Jorge, Pico e Faial.

O Governo dos Açores termina hoje a visita estatutária à Graciosa. A deslocação à Graciosa, a última desta legislatura, cumpre o Estatuto Político-Administrativo dos Açores, segundo o qual o executivo regional deve visitar cada uma das ilhas do arquipélago pelo menos uma vez por ano e que o Conselho do Governo se reúna na ilha visitada.


Fonte: Lusa

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos