Economia

Turismo nos Açores regista aumento de dormidas e proveitos

  • 16 de Junho de 2016
  • 603 Visualizações, Última Leitura a 17 Setembro 2019 às 23:11
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

No mês de abril, as dormidas de residentes aumentaram “expressivamente” nas regiões autónomas (20,3% na Madeira e 13,2% nos Açores, enquanto as dos mercados externos aumentaram “notoriamente” nos Açores (21,9%), Algarve (11,7%) e Norte (11,1%), refere o Instituto Nacional de Estatística (INE), citado pela agência Lusa.

Entre janeiro e abril, a ilha de São Miguel com 224,6 mil dormidas concentrou 66,3% do total das dormidas, seguindo-se a Terceira com 74,4 mil dormidas (22,0%) e o Faial com 15,5 mil dormidas (4,6%).

Segundo o Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA), as ilhas que apresentaram variações homólogas positivas, em relação ao período de janeiro a abril, foram as da Terceira (164,1%), de São Miguel (32,9%), da Graciosa (22,3%), de Santa Maria (20,6%), do Pico (6,6%) e de São Jorge (3,4%).

No que se refere aos proveitos, aumentaram, em abril, em todas as regiões do país, mas com “maior impacto” nos Açores (24,4% nos proveitos totais e 24,2% nos de aposento) e no Norte (16,5% e 18,0%).

As ilhas de São Miguel, Terceira e Faial foram as que maior peso tiveram nos proveitos totais, respetivamente com 69,6%, 16,6% e 5,7%, avança o SREA.

Quanto ao rendimento médio por quarto disponível (RevPAR), foram as regiões autónomas que apresentaram os maiores aumentos do país (23,1% nos Açores e 15,5% na Madeira), em abril, mês em que, nos Açores, o RevPAR foi de 26,7 euros.


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Oito mais Três? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos