Economia

Aproveitar o momento para captar investimento

  • 11 de Maio de 2016
  • 471 Visualizações, Última Leitura a 26 Maio 2019 às 07:23
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O vice-presidente do Governo Regional diz ser necessário aproveitar as condições favoráveis para captar investimento.

O vice-presidente do Governo manifestou, na Praia da Vitória, satisfação por participar na inauguração de mais uma incubadora de empresas nos Açores, salientando que se trata da terceira, "num curto espaço de tempo”Sérgio Ávila disse esperar que a 'Praia Links - Incubadora de Negócios e Ninho de Empresas da Praia da Vitória', a funcionar a partir de ontem, estimule a criação de “um ambiente de competitividade no desenvolvimento de ideias de negócio”.

Na sua intervenção, o vice-presidente salientou que a iniciativa privada dos Açores dispõe do “mais intenso, abrangente e generoso sistema de apoio à criação de empresas e ao desenvolvimento do investimento que existe na União Europeia”, o que se junta às “taxas máximas de comparticipação” permitidas no espaço europeu.

Para Sérgio Ávila, tais condições, e outras, como as reduções fiscais em vigor, constituem uma “oportunidade que temos todos de aproveitar”, no sentido de “captar mais investimento”.

O vice-presidente do Governo alertou, no entanto, para a necessidade de, ao mesmo tempo, “haver mercado”, sem o que “todos esses apoios não resultam na competitividade global das empresas e na sua sustentabilidade a médio prazo”.

Sérgio Ávila referiu que, recentemente, foram dados passos importantes no sentido de alavancar o mercado indispensável à actividade empresarial e, consequentemente, ao desenvolvimento da economia.

O início dos voos de baixo custo para a Terceira a partir do próximo período IATA, que dará ainda maior impulso ao turismo naquela ilha, a inclusão do Porto da Praia da Vitória nas chamadas 'autoestradas do mar', captando tráfego marítimo nesta zona do Atlântico, e a reconversão de instalações desocupadas da Base das Lajes em novos polos científicos, em articulação com universidades norte-americanas, foram algumas das situações apontadas por Sérgio Ávila.

Para o vice-presidente, “a conjugação de todas essas componentes” cria condições para se “vencer esse desafio” de aproveitar “novas oportunidades de mercado e de negócio”.


Fonte: Jornal Diário

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos