Economia

Infraestruturas e ambiente são temas em aberto sobre as Lajes

  • 10 de Maio de 2016
  • 400 Visualizações, Última Leitura a 24 Agosto 2019 às 04:21
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

As negociações entre Portugal e os Estados Unidos sobre o futuro da base das Lajes ainda têm temas por resolver, como as infraestruturas e o impacto ambiental da presença militar norte-americana, adiantou o governo português.

Os dois países reuniram-se na sexta-feira passada no âmbito da comissão bilateral permanente “para efetuar um ponto de situação periódico das relações bilaterais e analisar outros assuntos internacionais de interesse comum”, afirma um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

Na sequência da redução da presença militar norte-americana na base, “as duas partes registaram a conclusão do processo de redução do número de trabalhadores portugueses ao serviço do comando norte-americano sem recurso a despedimentos, processando-se a cessação de todos os contratos de trabalho por mútuo acordo”, refere a nota do gabinete do ministro Augusto Santos Silva.

Por outro lado, os dois países “prosseguiram o debate sobre as questões ainda em aberto no que respeita às infraestruturas e ao impacto ambiental da presença militar norte-americana na ilha Terceira”, acrescenta.

Na mesma reunião, a 35.ª, Portugal e EUA realizaram “apresentações sobre a cooperação” bilateral em domínios como a defesa, comércio e investimento, justiça e assuntos internos e ciência e tecnologia.

De acordo com o MNE, foram “identificadas novas iniciativas, com especial realce para projetos de investigação de alcance internacional a desenvolver nos Açores”.

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, disse na sexta-feira estar prevista a contratação de cerca de 70 trabalhadores portugueses para a base das Lajes.


Fonte: Lusa

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Nove? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos