Economia

Primeiros autocarros híbridos em Angra

  • 13 de Janeiro de 2010
  • 206 Visualizações, Última Leitura a 21 Setembro 2017 às 10:38
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Os primeiros dois autocarros híbridos nos Açores vão começar a circular durante o segundo semestre deste ano em Angra do Heroísmo, numa experiência piloto promovida pelo governo regional, em colaboração com a câmara local.

A aquisição destes dois veículos será feita no quadro do programa europeu HIBRIMAC, que visa a introdução de tecnologias híbridas no transporte de passageiros, revelou ontem o secretário regional da Ciência, Transportes e Equipamentos, José Contente, em declarações aos jornalistas em Ponta Delgada.

A experiência com estes dois veículos insere-se numa estratégia de redução das emissões de gases poluentes, que já envolveu a comparticipação do governo regional na aquisição de 132 novos autocarros por empresas do sector no arquipélago.

Segundo José Contente, cada uma destas novas viaturas "emite sete vezes menos gases poluentes para a atmosfera do que os antigos autocarros".

Por outro lado, a aquisição das novas viaturas para o transporte de passageiros nas ilhas dos Açores permitiu às empresas do sector uma "poupança de mais de 450 mil euros em combustível".

José Contente falava aos jornalistas depois de ter sido ouvido pela Comissão Parlamentar de Economia, onde defendeu a proposta de Decreto Legislativo Regional que cria o novo Fundo Regional de Transportes Terrestres.

A proposta que o executivo regional apresentou ao parlamento visa adaptar o actual fundo, criado em 1977, às novas realidades.

"Justifica-se a alteração deste velho diploma, nomeadamente para transformar o fundo num instituto público, o que abre novas possibilidades, como o estabelecimento de parcerias público-privadas e a possibilidade de um maior investimento na segurança e em infra-estruturas rodoviárias", afirmou José Contente.

As alterações propostas pelo executivo visam ainda limitar o fundo aos transportes terrestres, retirando-lhe os transportes aéreos e marítimos que constam da actual legislação.

Segundo José Contente, o novo Fundo Regional de Transportes Terrestres será "auto-sustentável", sendo as suas receitas provenientes das coimas pagas por infracções de trânsito e dos impostos de circulação e de camionagem.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Sete mais Oito? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos