Economia

Conservas portuguesas têm de se adaptar para o mercado canadiano

  • 17 de Abril de 2016
  • 383 Visualizações, Última Leitura a 16 Dezembro 2018 às 21:55
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Um empresário luso-canadiano considerou que as conservas portuguesas podem ter o mercado no Canadá como o principal destino, mas para isso as empresas terão que se adaptar aos requisitos das autoridades locais.

“Penso que as conservas é uma indústria que está subdesenvolvida, poderá melhorar muito porque cada vez se comem mais conservas, e está provado que é uma mais valia para o consumidor a um preço muito bom em termos de competitividade alimentar”, afirmou António Belas, de 60 anos, presidente da Ferma Food Produts.

A Ferma Foods, adquirida por António Belas em 1979, é uma empresa canadiana, umas das maiores companhias do mundo especializada na distribuição de produtos portugueses alimentares, sendo que mais de 50 % dos produtos são importados de Portugal.

O empresário, natural de Cheleiros, Mafra, tem muitas expetativas para o setor das conservas português no Canadá, alertando para a barreira na “cravação das latas”. “As fábricas portuguesas que fazem a cravação da lata, nem todas estão a altura para exportarem para o Canadá. Essas companhias pensam que é a mesma coisa que entrar no mercado do Reino Unido ou da Alemanha, mas o Canadá é mais exigente”, sublinhou.

Quando essas empresas ultrapassarem esta barreira na cravação das latas, terão resultados “bastante positivos” no mercado canadiano, até porque na opinião do empresário, Portugal “faz a melhor conserva do mundo, nos vários derivados, quer nas sardinhas, cavalas, lulas e polvo”.

A Ferma Food, com sede em Toronto, faz a distribuição dos produtos alimentares no Canadá, com armazém em Montreal, além daquela região no Quebeque, abrange ainda a capital Otava, Winnipeg (Manitoba) e Vancouver (Colúmbia Britânica).

O empresário também destacou alguns aspetos positivos no setor alimentar com a entrada em vigor do Acordo Económico e Comercial Global (CETA, sigla em inglês), cujo texto final foi concluído pelo Governo canadiano em fevereiro de 2016.


Fonte: Lusa

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Cinco mais Dois? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos