Economia

LEADER abrange todas as freguesias açorianas

  • 8 de Janeiro de 2016
  • 473 Visualizações, Última Leitura a 24 Agosto 2019 às 04:27
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O secretário regional da Agricultura e Ambiente destacou hoje que, pela primeira vez, o LEADER abrange todas as freguesias dos Açores.

O secretário regional da Agricultura e Ambiente destacou hoje, em Angra do Heroísmo, a maior abrangência territorial da abordagem LEADER no novo Quadro Comunitário de Apoio (QCA), permitindo assim que, por proposta do Governo dos Açores à Comissão Europeia, todas as freguesias do arquipélago possam beneficiar de projectos de Apoio ao Desenvolvimento Local no âmbito do PRORURAL+.

“Permitirá, assim, alargar a abrangência dos projectos que possam surgir um pouco por todas as nossas ilhas”, salientou Luís Neto Viveiros na cerimónia de assinatura de protocolos entre a Direcção Regional do Desenvolvimento Rural, enquanto Autoridade de Gestão do PRORURAL+, e os quatro Grupos de Acção Local (GAL) constituídos na Região.

O titular da pasta da Agricultura salientou a importância destes grupos (ADELIAÇOR, ARDE, ASDEPR e GRATER) para o sucesso da implementação da estratégia de desenvolvimento promovido pelas comunidades locais e elogiou o trabalho de proximidade desenvolvido pelos GAL, que contribui para a melhoria da qualidade de vida, a fixação das populações e a criação e manutenção de postos de trabalho.

“Tivemos cerca de 500 projectos aprovados [no anterior QCA], que representaram um investimento de quase 30 milhões de euros [entre despesa pública e de investimento] e criaram – e esse é um aspecto muito importante -, cerca de 160 postos de trabalho” directos, frisou Neto Viveiros.

O secretário regional manifestou a convicção de que esta dinâmica se vai manter, garantindo o empenho e colaboração do Governo dos Açores para que os cerca de 22 milhões de euros afectados à Abordagem LEADER “sejam tão bem ou melhor utilizados” no sentido de potenciar, por proposta dos GAL, “os projectos de interesse em cada um dos territórios” sob gestão dos Grupos de Acção Local.

Os principais domínios de intervenção dos projectos apoiados são a criação e desenvolvimento de micro empresas, o turismo, a diversificação de actividades não agrícolas, a transformação e comercialização de produtos agrícolas, os serviços básicos para a população e as infraestruturas sociais e de saúde, o que revela a abrangência e importância da intervenção do LEADER no desenvolvimento harmonioso do território e das comunidades.


Fonte: Jornal Diário

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos