Economia

Arquipélago cresceu acima da média do PIB em 2014

  • 18 de Dezembro de 2015
  • 605 Visualizações, Última Leitura a 16 Dezembro 2018 às 21:49
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O crescimento dos Açores situou-se 1%, uma décima acima da média do país. Para Sérgio Ávila estes dados demonstram a retoma económica.

Os Açores estão entre as Regiões que cresceram acima da média do Produto Interno Bruto (PIB) nacional em 2014, de acordo com resultados preliminares divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em 2014 o PIB nacional em termos reais cresceu 0,9%, mas o crescimento nas regiões Norte, Área Metropolitana de Lisboa, Algarve e Região Autónoma dos Açores situou-se em 1%, uma décima acima da média do país.

De acordo com dados das Contas Regionais revelados, em 2014 o PIB cresceu em todas as regiões do país: a Região Autónoma da Madeira foi a região com o menor crescimento (0,4%), tendo as regiões do Centro (0,8%) e do Alentejo (0,7%) apresentado acréscimos reais ligeiramente inferiores à média nacional.

Em sentido contrário, em 2013, também segundo dados do INE, o PIB decresceu em todas as regiões do país, com destaque para o Alentejo (-2,4%) e Algarve (-2%). Na Região Autónoma dos Açores (-1,6%), no Centro (-1,5%) e na Região Autónoma da Madeira (-1,4%) a redução do PIB foi também superior à média do país (-1,1%), idêntica à registada na Área Metropolitana de Lisboa.

De acordo com o INE, em 2013 a região Norte apresentou o decréscimo menos expressivo do PIB (-0,4%).

O INE releva ainda na rubrica Contas das Famílias que, em 2013, o rendimento das famílias açorianas aumentou. 
Segundo a informação disponibilizada em 2013, o Rendimento Primário Bruto registou um acréscimo de 1,8% nos Açores, apenas superado pelo Norte (2,3%).

Por sua vez apesar do Rendimento Disponível Bruto que registou do país ter registado decréscimo, a Área Metropolitana de Lisboa e a Região Autónoma dos Açores destacaram-se por apresentarem um crescimento, embora ligeiro (0,1%).

Por outro lado, o Rendimento Disponível da Região Autónoma da Madeira (-2,0%), do Alentejo (-1,6%) e do Algarve (-1,3%) apresentaram decréscimos claramente superiores aos do país.

Em reação a estes dados do INE, o vice-presidente do Governo Regional, Sérgio Ávila, afirmou que estas estatísticas “vêm reforçar a convicção, que já tínhamos, de que efetivamente, no último ano, deu-se uma inversão clara da conjuntura económica nos Açores.”

Citado pelo GACS, Sérgio Ávila realçou que os dados confirmam “a retoma do crescimento” e que, “como veio a demonstrar-se hoje, foram os Açores a região do país com maior crescimento económico real no último ano e com crescimento superior à média nacional.”


Fonte: Açoriano Oriental

 

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Dois mais Quatro? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos