Economia

Apoios de 50 milhões para a agricultura esperam "sim" de Cavaco

  • 30 de Dezembro de 2009
  • 218 Visualizações, Última Leitura a 19 Outubro 2017 às 02:51
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A nova linha de crédito de 50 milhões de euros para apoiar a agricultura e a pecuária aguarda a promulgação do Presidente da República e entrará em vigor de seguida, informou o Ministério da Agricultura.

Esta linha de crédito, que se enquadra num conjunto de medidas excepcionais para ajudar os agricultores a ultrapassar a crise em 2010, tem um período de carência de 2 anos e 4 anos de amortização, afirmou fonte oficial do Ministério da Agricultura à agência Lusa.

O nível de bonificação desta nova linha de crédito varia entre os 80 e os 100% e as respectivas candidaturas têm de ser apresentadas até 30 de Junho de 2010.

O plano de excepção para o sector agro-alimentar integra uma outra linha de crédito, de 125 milhões de euros, que já estava regulamentada por decreto-lei, porque já existia.

Esta linha de crédito para as agro-indústrias foi reforçada com 25 milhões de euros e as candidatura devem ser apresentadas até 1 de Abril de 2010.

"A electricidade agrícola", outra das medidas governamentais, que representa um apoio aos agricultores estimado em 5 milhões de euros, foi objecto de despacho do ministro da Agricultura a 23 de Dezembro, e aguarda publicação em Diário da República.

Esta energia vai ser disponibilizada por um período de um ano e representa um apoio de 20% da facturação.

O plano do Ministério da Agricultura prevê ainda apoios especificos em 2010, no valor de 32,9 milhões de euros, para sectores economicamente vulneráveis como a produção de leite de vaca e ovelha, a agricultura importante para a protecção e valorização do ambiente, a criação de gado de raças autóctenes e quem se dedica a melhorar a qualidade dos produtos de origem demarcada.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Um mais Dois? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos