Economia

São as empresas quem mais investe com fundos comunitários

  • 2 de Novembro de 2015
  • 498 Visualizações, Última Leitura a 26 Setembro 2018 às 09:28
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

Até 30 de Setembro, já foram aprovadas 3.300 candidaturas de empresas ao Portugal 2020.

As empresas já apresentaram projectos no valor de 700 milhões de euros ao Portugal 2020, tendo obtido luz verde para receber um incentivo de 399 milhões.

O Compete, o programa operacional que financia empresas, é aliás aquele que tem o maior volume de investimento aprovado. Contudo, é o Programa Operacional Capital Humano, que financia a formação profissional, que atribuiu mais incentivos até 30 de Setembro, ou seja, 573 milhões de euros para um investimento aprovado de 675 milhões. Estes valores não foram ainda pagos. Só à medida que o investimento for realizado e mediante a apresentação de facturas para as despesas elegíveis são feitos os pagamentos.

O novo quadro comunitário tem sido alvo de uma forte procura, depois dos atrasos no lançamento do Portugal 2020. De acordo com o último balanço a que o Económico teve acesso, de 30 de Setembro, já tinha sido apresentadas mais de 30 mil candidaturas aos 474 concursos abertos, nos quais foram postos a concurso 7,2 mil milhões de euros.

Com as novas regras, a dotação destes concursos, no caso das empresas, passou a ser meramente indicativa já que todas as empresas que apresentem projectos com qualidade passam a ter garantido financiamento comunitário. A Comissão Interministerial de Coordenação do Portugal 2020 decidiu, no final de Setembro, dar novas orientações às autoridades de gestão do Compete e aos Programas Operacionais (PO) Regionais para garantirem o financiamento de todas as candidaturas classificadas com uma nota igual ou superior a 3,5 (numa escala de um a cinco). O objectivo é promover o investimento, a criação de emprego e as exportações e garantir que nenhum projecto empresarial com qualidade tenha de ficar à espera da programação financeira.

Até 30 de Setembro, no Portugal 2020 já foram aprovadas 3.300 candidaturas, que representam um investimento de 2.138 milhões de euros, que contará com um incentivo de 1.300 milhões. O que representa um aumento de 11% face ao final de Agosto, a última contabilização conhecida.

Quando a análise é feito em termos de programas operacionais, o Norte surge com maior dinamismo já que tem quase mais candidaturas do que os restantes programas regionais do continente. Isto é, o PO Norte recebeu 3.991 candidaturas, ou seja, 48% do total (10.300). Este valor é superior ao número de candidaturas que os PO do Centro, de Lisboa e do Alentejo – só fica de fora o PO Algarve.

 

Fonte: Diário Insular

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Cinco mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos