Economia

Relacionamento forte e dinâmico com os EUA

  • 20 de Outubro de 2015
  • 442 Visualizações, Última Leitura a 18 Outubro 2018 às 00:54
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O Presidente do Governo Regional recebeu a Cônsul dos Estados Unidos e reafirmou a vontade de os Açores continuarem a ter um relacionamento forte e dinâmico com os Estados Unidos.

O Presidente do Governo recebeu ontem, Ponta Delgada, a nova Cônsul dos Estados Unidos da América nos Açores, a quem manifestou a intenção de trabalhar em conjunto para que o relacionamento com os EUA possa “continuar forte e dinâmico”, apesar dos desafios que enfrenta, nomeadamente no processo da Base das Lajes.

“Tive a oportunidade de reafirmar o objectivo de trabalharmos para que os assuntos que temos à nossa frente, ao nível do relacionamento entre os Açores e os EUA, que já tem muitos anos, possa continuar forte e dinâmico, apesar dos desafios que enfrenta”, afirmou Vasco Cordeiro, após a audiência com Elizabeth Konick para apresentação de cumprimentos.

Em declarações aos jornalistas, o Presidente do Governo salientou que um destes desafios é, naturalmente, a questão da Base das Lajes, um processo que tem permitido, desde a última reunião da Comissão Bilateral Permanente, que decorreu em Washington, aproximar posições, construindo soluções ao nível da forma como os EUA abordam a sua presença na ilha Terceira e acautelando a defesa dos interesses dos trabalhadores portugueses.

“Este é um trabalho no qual estamos empenhados, apesar de todos os desafios que existem neste âmbito”, garantiu Vasco Cordeiro, ao salientar que o Governo dos Açores “mantém um trabalho permanente e regular em relação à questão da Base das Lajes”, muito embora a maior parte desse trabalho não seja público, já que decorre de contactos que são desenvolvidos de forma mais reservada.

No início deste mês ficou concluído o processo legislativo, nas duas Câmaras do Congresso dos EUA, relativo à Lei do Orçamento da Defesa dos EUA para 2016, que requer, até Março do próximo ano, do Secretário da Defesa dos EUA uma reavaliação das valências na Base das Lajes, incluindo a possibilidade de receber um centro de informações.

“É natural que continuemos este trabalho com a mesma determinação e com a mesma força com que ele nos trouxe até aqui”, assegurou o Presidente do Governo, considerando ainda que o Executivo Regional continuará a acompanhar “toda e qualquer diligência que seja feita sobre a Base das Lajes, decorra ela onde decorrer”.

 

Fonte: Jornal Diário

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Um mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos