Economia

Devin Nunes lança alerta sobre Centro que pode ir para as Lajes

  • 15 de Setembro de 2015
  • 514 Visualizações, Última Leitura a 18 Dezembro 2017 às 05:01
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O congressista republicano lusodescendente, Devin Nunes, que preside à Comissão dos Serviços de Informação da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos da América (EUA), escreveu uma carta ao presidentes das Comissões das Forças Armadas, quer da Câmara dos Representantes (câmara baixa), quer do Senado (câmara alta), alertando-os para o risco de se basearem em informações incorretas, caso autorizem no final deste ano o financiamento necessário para que o Governo norte-americano instale na Base de Croughton, no Reino Unido e não na Base das Lajes, nos Açores, o novo Centro de Informações onde deverão trabalhar mais de mil pessoas.

A instalação nas Lajes deste Centro de Informações poderia salvar a base açoriana do processo de esvaziamento e perda de importância que neste momento se verifica e, por isso, Devin Nunes e vários outros congressistas, quer tenham origem portuguesa ou não, estão empenhados em evitar que o Governo norte-americano cometa o que dizem ser o erro de gastar mais de 40 milhões de dólares por ano - e mais de um bilião de dólares no global do investimento - ao construir de raiz no Reino Unido uma infraestrutura que sairia muito mais barata se fosse instalada nos Açores, adaptando-se as instalações da Base das Lajes.

Na carta enviada - e a que o Açoriano Oriental teve acesso - aos presidentes das Comissões das Forças Armadas, quer da Câmara dos Representantes, quer do Senado, respetivamente os deputados republicanos Mac Thornberry e John McCain (que perdeu para Barack Obama as presidenciais de 2008), Devin Nunes pede que as duas câmaras do parlamento norte-americano não aprovem a lei do orçamento para a Defesa do próximo ano sem que antes se apure a investigação que neste momento ainda decorre sobre a a veracidade das informações fornecidas pelo Departamento de Defesa sobre a viabilidade de construir o novo Centro de Informações no Reino Unido em vez de o instalar nas Lajes.

Alegando falta de respostas à Comissão a que preside nos últimos dois meses por parte dos responsáveis da Defesa norte-americanos, o congressista Devin Nunes apela, por isso, a que não se tomem decisões antes de se apurar se houve intenção deliberada do Departamento da Defesa de influenciar as duas câmaras do parlamento dos EUA com infirmação errada para fazer aprovar o novo Centro no Reino Unido ou apenas falta de conhecimento sobre o potencial da Base das Lajes para receber esta infraestrutura.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Um mais Sete? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos