Economia

Açores são uma das duas regiões do mundo com as quatro classificações da UNESCO

  • 28 de Agosto de 2015
  • 486 Visualizações, Última Leitura a 19 Junho 2019 às 16:59
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

O Diretor Regional do Ambiente afirmou, em S. Jorge, que os Açores são uma das duas únicas regiões do mundo que possuem todas as classificações atribuídas pela UNESCO, sendo a outra a região de Jeju, na Coreia do Sul.

Hernâni Jorge salientou que apenas três dos 195 países membros da UNESCO possuem o pleno das classificações atribuídas por esta organização das Nações Unidas, nomeadamente ‘Património Mundial’, ‘Reserva da Biosfera’ e ‘Geoparque’, acrescentando que os Açores, além destas, também possui a classificação internacional Ramsar, atribuída a zonas húmidas e a que a UNESCO está associada.

“Em todo o mundo, identificamos apenas duas regiões que têm as quatro designações, os Açores e Jeju, na Coreia”, frisou Hernâni Jorge, que falava quinta-feira no encerramento do seminário ‘Reservas da Biosfera – Espaços de Cooperação e Desenvolvimento’, no âmbito do qual foi assinado o formulário da candidatura das Fajâs de S. Jorge a Reserva da Biosfera.

O Diretor Regional registou, por isso, o simbolismo da presença de Dai-Yeun Jeong, do Asia Climate Change Education Center, no painel de convidados deste encontro, que contou também com representantes da UNESCO.

A Conferência das Nações Unidas para a criação de uma organização educacional e cultural foi convocada em Londres em 1945, tendo 37 países assinado a 16 de novembro a carta que estabeleceu a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Em 1968, a UNESCO organizou a primeira conferência intergovernamental com o objetivo de harmonizar ambiente e desenvolvimento, que atualmente é designado como ‘desenvolvimento sustentável’, da qual resultou a criação do programa ‘O Homem e a Biosfera’.

Nos Açores encontram-se três das oito Reservas da Biosfera existentes em Portugal, nomeadamente Graciosa e Corvo, classificadas desde 1997, e Flores, desde 2009.

Por outro lado, desde 2013, o Geoparque Açores é único no mundo por possuir 121 geossítios em nove ilhas, abrangendo todo um arquipélago.

Ao abrigo da Convenção de Ramsar, a Região tem 13 sítios classificados, nomeadamente as lagoas das Fajãs dos Cubres e da Caldeira de Santo Cristo (S. Jorge), a Caldeira da Graciosa, a Caldeira do Faial, o Caldeirão do Corvo, os complexos vulcânicos das Furnas, das Sete Cidades e do Fogo (S. Miguel), os ilhéus das Formigas, o Recife Dollabarat, o Planalto Central de Terceira (Furnas do Enxofre e Algar do Carvão), o Paul de Praia da Vitória (Terceira) e os planaltos Central das Flores (Morro Alto), Central de São Jorge (Pico da Esperança) e Central do Pico (Achada).

Ao nível do Património Mundial, Cultural e Natural, nos Açores existem duas áreas classificadas como Património Mundial da UNESCO, que são a Cidade de Angra do Heroísmo e a Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Quatro mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos