Economia

País não acompanha redução do desemprego nos Açores

  • 27 de Agosto de 2015
  • 408 Visualizações, Última Leitura a 24 Maio 2018 às 05:30
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A diminuição do número de desempregados em Portugal tem sido uma realidade nos últimos meses, segundo apontam os números oficiais do Instituto Nacional de Estatística (INE) e do Instituto do Emprego e Formação Portugal (IEFP), mas nos Açores essa redução tem-se mostrado particularmente acentuada, chegando a ultrapassar a nacional.

É o caso, por exemplo, dos dados das taxas de desemprego trimestrais registadas a nível nacional e regional, que indicam que, no segundo trimestre de 2015, a taxa de desemprego nos Açores desceu mesmo mais do que a registada no país, a primeira situando-se nos 11,3% e a segunda nos 11,9%.

A taxa nos Açores diminuiu, assim, 3,6% em relação ao trimestre anterior, o primeiro de 2015, que registava 14,9% de desemprego.

Já a realidade nacional indica um decréscimo de 1,8% na taxa de desemprego, face ao valor de 13,7% no primeiro trimestre do ano.

Esta tem sido uma realidade constante já há um ano, quando os números apresentados pelo INE para o segundo trimestre de 2014 registavam uma taxa de desemprego de 16% para os Açores e de 13,9% para o país, no geral.

Apesar da taxa de desemprego inicial mais alta, os Açores registaram um decréscimo constante ao longo do ano, tendo o país registado até um acréscimo na taxa de desemprego entre o terceiro trimestre de 2014 e o primeiro de 2015, de 13,1% para 13,7%.


Inscritos nos Centros de Emprego

Os dados apresentados pelo IEFP revelam uma descida constante também no número de desempregados inscritos nos centros de emprego da Região entre o mês de dezembro de 2014 e julho de 2015.

No final do ano passado, eram então 11.666 os desempregados inscritos nos centros de emprego, um número que se manteve em constante descida, com um abrandamento em fevereiro de 2015 mas compensado no mês seguinte, até ao último mês de julho, quando os dados do IEFP indicavam 10.940 inscritos nos centros de emprego da Região.

Entre o final de 2014 e o mês de julho de 2015, num período total de sete meses, decresceu então em 726 o número de desempregados inscritos na Região.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Seis mais Seis? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos