Economia

Terceira sem lugares nos aviões quase até ao fim deste verão

  • 21 de Agosto de 2015
  • 546 Visualizações, Última Leitura a 16 Novembro 2018 às 11:31
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

A Terceira está sem lugares nos aviões que fazem as ligações entre o aeroporto das Lajes e Lisboa.

Segundo dados recolhidos ontem pelo DI, até quase ao final do verão (terceira semana de setembro), os voos entre a Terceira e Lisboa estão totalmente lotados ou então oferecem apenas poucos lugares em classe executiva.

"Nunca tivemos uma situação como esta, em que para além de não haver praticamente lugares, os preços das passagens são muito elevados", disse ontem ao DI uma fonte de uma agência de viagens com sede em Angra do Heroísmo.

No que se refere aos voos entre o aeroporto das Lajes e Lisboa previstos para hoje, não existem lugares disponíveis e, na altura em que recolhemos dados, a situação vai manter-se nas próximas semanas.

"Em alguns casos os voos estão fechados e noutros apenas se consegue um ou outro lugar em classe executiva", afirmou.

Quem optar por viajar nos escassos lugares que restam em classe executiva, para além de ter que suportar o pagamento de uma tarifa de ida e volta de cerca de 600 euros, não poderá solicitar o reembolso da diferença, uma vez que o Subsídio Social de Mobilidade, que permite aos residentes viajar para Lisboa a 134 euros, aplica-se apenas às tarifas em classe económica.

Ontem à tarde, os dois voos Terceira/Lisboa não tinham lugares disponíveis e estavam fechados e para amanhã, sábado, havia apenas um lugar disponível em classe executiva. Para domingo (23 de agosto), não havia lugares, 24 de agosto, dois lugares em classe executiva, 25 de agosto, um lugar em classe executiva e para 26 e 27 de agosto, os voos estão fechados.

"Quanto aos voos Lisboa-Terceira, a disponibilidade de lugares é maior do que no percurso inverso mas também é baixa. Quem quiser sair ou entrar na Terceira por via aérea nos próximos dias vai ter muitas dificuldades para conseguir uma passagem", disse a fonte contactada pelo DI.

O cenário no aeroporto de Ponta Delgada, no que se refere aos voos para Lisboa a realizar nos próximos dias, também é de falta de lugares nos aviões nas quatro companhias que voam para aquele destino.

Apenas as companhias "low-cost" ainda dispõem de lugares, embora a preços rondem os 400 euros por uma passagem de ida e volta.

De acordo com que o DI apurou nas restantes "gate ways" (Horta, Santa Maria e Pico), onde as rotas não foram liberalizadas, também existem poucos lugares disponíveis para as ligações com Lisboa.

O problema de falta de lugares nos voos da Terceira também se faz sentir nas ligações interilhas.

A implementação do sistema de encaminhamentos está a lotar os voos com partida ou destino ao aeroporto das Lajes.

As ligações entre a Terceira e Ponta Delgada estão com listas de espera, mas também existem outos destinos como Flores, São Jorge, Santa Maria e Graciosa, em que é difícil conseguir uma passagem na SATA-Air Açores.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Um mais Um? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos