Economia

Turismo está a recuperar na Terceira

  • 18 de Agosto de 2015
  • 460 Visualizações, Última Leitura a 16 Novembro 2018 às 11:54
    • *
    • *
    • *
    • *
    • *

As dormidas de turistas nos Açores registaram um crescimento de 23 por cento nos primeiros seis meses deste ano em comparação com o período homólogo do ano passado, sendo que na Terceira houve um aumento de oito por cento.Os dados estatísticos revelados pelo Serviço Regional de Estatística dos Açores indicam que, depois de um mau começo, com quebras nos primeiros meses do ano, o Turismo da Terceira recuperou, registando-se nos últimos dois meses em que são conhecidos números (maio e junho), taxas de crescimento próximas da média regional.De acordo com os números agora divulgados, o turismo dos Açores gerou, nos primeiros seis meses do ano, receitas de 20 milhões de euros (mais 20 por cento do que em 2014), dos quais 17 milhões são referentes a proveitos com alojamento.No que se refere ao número global de dormidas, foram registadas nos estabelecimentos turísticos da Região, entre janeiro e junho deste ano, um total de 509 mil (mais 23 por cento do que em 2014).As ilhas que registaram maiores crescimentos foram São Jorge (38,9 por cento), Pico (31,2 por cento), São Miguel (27, 4 por cento), enquanto Graciosa (com menos 15,5 por cento) e Santa Maria (menos 7,2 por cento) foram as ilhas onde, nos primeiros seis meses deste ano, houve menos dormidas do que no período homólogo de 2014 (ver quadro).No que se refere à comparação de dados entre junho deste ano e o mês homólogo de 2014, o crescimento na Região foi de 20,7 por cento, enquanto na Terceira foi de 20,9 por cento.São Jorge registou o maior crescimento nas dormidas nesse período, com mais 63,1 por cento, seguindo-se a Flores, com 42,4 por cento, enquanto Santa Maria, com menos 27,8 por cento, Graciosa, com menos 10,0 por cento, e Faial com menos 1,3 por cento, tiveram quebras em relação a 2014.Para o secretário regional do Turismo e Transportes, Vítor Fraga, os últimos dados do Turismo da Terceira devem-se ao trabalho que tem sido feito ao longo do tempo junto dos operadores turísticos."Não tenho o hábito de comentar estatísticas porque são apenas um instrumento de trabalho que utilizamos tendo em conta aquela que é a situação de cada uma das ilhas e do todo a nível regional", afirmou.Vítor Fraga realçou o facto de os indicadores estatísticos da Terceira estarem a convergir com a média de crescimento regional.

Comentários

Deixar Comentário

Quantos são Nove mais Dois? O que é isto?

Pesquisar

Conhecer Todos
Conhecer Todos